Governo de Rondônia
Domingo, 28 de fevereiro de 2021

Em Rondônia Pecuária de corte e piscicultura são destaques nacionais

19 de maio de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

canalrural.ruralbr.com.br

canalrural.ruralbr.com.br

A revista “Animal Business Brasil” uma publicação da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA) de circulação nacional dirigida ao empresariado, sistema bancário e investidores de uma maneira geral, na edição de maio apresenta uma reportagem de cinco páginas ilustradas com fotos destacando a pecuária de corte e a piscicultura como carros chefes do agronegócio em Rondônia.

Com uma produção de pescados superior a 64 mil toneladas de pescados/ano destacando o Tambaqui, Pirarucu, Jatuarana  e Pintado, o Estado de Rondônia abastece com peixes de excelente qualidade, os mercados do Centro/Sul do Pais comercializando mais de 700 toneladas de pescados ao mês gerando emprego e renda nas pequenas propriedades rurais.

Respeitando as regras ambientais, o pescado de Rondônia além de conquistar os exigentes mercados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul está abrindo portas e alcançando os consumidores europeus, conforme revela a publicação da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), mostrando o Estado de Rondônia como maior produtor de pescado de água doce do Brasil.

Na verdade, com clima água exposta e mais aflorada com relevos e nascentes naturais e mais fácil produzir, tendo como fator climático equatorial, seis meses de seca e seis meses de chuva, sem quaisquer tipo de restrições ambientais, desde que a legislação seja respeitada, Rondônia produz na atualidade os melhores pescados do território brasileiro.

psicultura rondonia

newsrondonia.com.br

A publicação apresenta resultados significativos onde à presença do Governo do Estado aparece incentivando a piscicultura e capacitando técnicos, extensionistas e produtores rurais. Essas e outras ações no campo da pesquisa somam-se ao melhoramento genético do Tambaqui, a produção e engorda do pirarucu, assim como o licenciamento e construção de tanques redes fomentando o desenvolvimento sustentável.

Nova fronteira agrícola

Para a publicação da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), com a exportação de carne bovina para 31 países, a produção acentuada de soja e milho, o café, o peixe e a produção de leite consolidam Rondônia como uma nova fronteira agrícola. Neste Estado a tecnologia no campo coloca Rondônia em quarto lugar ranking dos estados exportadores de carne, com o peixe e a soja seguindo o mesmo caminho.

Assim como o governador Confúcio Moura acredita que a tecnologia no campo duplicará o rebanho bovino que atualmente é de 12 milhões de cabeças nos próximos dez anos, o empresário Mário Gonçalves Ferreira, mantém um plantel de 15 mil bois confinados no município de Porto Velho, com projeto para chegar aos 40 mil gerando emprego e renda no campo e nas cidades.

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: José Luiz
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Governo, Piscicultura


Compartilhe