Governo de Rondônia
Domingo, 07 de março de 2021

POPULAÇÃO

Equipe do Complexo Hospitalar de Cacoal promove encontros para orientar sobre fluxo da saúde no município

18 de dezembro de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Encontro reuniu profissionais da educação, que vão levar ao conhecimento de pais e alunos o que muda na saúde de Cacoal com a inauguração  do Heuro

Encontro reuniu profissionais da educação, que vão levar ao conhecimento de pais e alunos o que muda na saúde de Cacoal com a inauguração do Heuro

Diretores, vice-diretores, secretários de escolas estaduais e ainda parte da equipe da Coordenadoria Regional de Educação de Cacoal estiveram reunidos esta semana no auditório do Hospital Regional de Cacoal. O encontro foi organizado pela diretoria do Complexo Hospitalar e teve como finalidade orientar os profissionais da educação sobre o fluxo da saúde em Cacoal.

“O nosso objetivo aqui hoje é explicar para os parceiros, profissionais da educação, como funciona o fluxo da saúde em Cacoal, pontuando quais as responsabilidades do Governo do Estado e da administração municipal, além de orientar sobre as obrigações de cada unidade hospitalar, seja o Hospital Regional, o Heuro (Pronto-Socorro) e os postos de saúde”, explicou o diretor do Complexo Hospitalar Regional de Cacoal, Marco Aurélio Vasques.

Conforme foi explicado pelo diretor durante o encontro, a maior parte da população, quando apresenta algum problema, se dirige diretamente ao Pronto-Socorro, e em grande parte dos casos, esses problemas poderiam e deveriam ser resolvidos em um posto de saúde.

“Os postos de saúde, gerenciados pela Prefeitura Municipal, devem estar à disposição da população. Em Cacoal, muitos bairros contam com postos de saúde e mesmo assim, às vezes, a pessoa, por mais simples que seja o seu sintoma, já vai direto ao Pronto-Socorro, sendo que antes poderia tentar resolver seu problema no posto de saúde”, destacou Vasques.

Na opinião da chefe de Recursos Humanos da Coordenadoria Regional de Educação de Cacoal, Simone Matos, cada um precisa fazer a sua parte. “Enquanto cada um não cumprir com a sua obrigação, seja o Estado ou o Município, e ainda a população não entender como funciona a saúde em Cacoal, quando ir ao posto quando ir ao Pronto Socorro, as coisas não vão melhorar. É preciso que cada um faça a sua parte e que a população também colabore, tenha conhecimento de qual lugar é o mais adequado para o seu caso. Assim desafogaremos muitas filas”.

De acordo com Marco Aurélio Vasques, é preciso que as pessoas entendam que um Pronto-Socorro, no caso de Cacoal agora é o Heuro, o atendimento prioritário é o de urgência e emergência. “O Heuro oferece atendimento ambulatorial, mas a prioridade é o atendimento de casos que oferecem maior gravidade e até mesmo risco de morte ao paciente”, disse. Segundo ele, a ideia de reunir os representantes da Educação no encontro é uma forma de difundir entre os alunos e os pais como funciona a saúde em Cacoal. “Quanto mais conhecimentos todos nós temos, melhor os serviços podem funcionar”, ressaltou Vasques aos profissionais da educação presentes na reunião.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Giliane Perin
Fotos: Giliane Perin
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Governo, Rondônia, Saúde, Servidores, Sociedade


Compartilhe