Governo de Rondônia
Segunda, 19 de novembro de 2018

APLICATIVO

Escolas de Rondônia ganham plataforma digital para ajudar alunos da rede pública em teste vocacional

31 de outubro de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

Alunos da Escola Araújo Lima conheceram o aplicativo

Uma experiência que vem dando certo na rede pública de ensino em Vitória, no Estado do Espírito Santo, chegou às escolas da rede estadual de Rondônia; trata-se do aplicativo Kuau que oportuniza aos estudantes do ensino médio descobrirem suas aptidões e estimular a busca por um projeto de vida profissional. A implantação é fruto de uma visita dos técnicos ao estado  e que destacou como uma de suas experiência exitosas o uso do aplicativo.

A iniciativa despertou o interesse de técnicos da Secretaria de Estado da Educação de Rondônia, e por ser um ferramenta de uso gratuito começou a ser usado pedagogicamente em algumas escolas. No Estado 45 escolas de Ensino Médio receberão capacitação e implantação do projeto piloto, sendo unidades nos municípios de Porto Velho, Vilhena, Cacoal, Ji-Paraná e Ariquemes.

A Escola Estadual de Ensino Fundamental de Médio Araújo Lima, em Porto Velho, é uma das escolas beneficiadas com a implantação do aplicativo. Na manhã desta terça-feira (30) o diretor-executivo do aplicativo Kuau, professor Gilber Machado, esteve na unidade conversando com os alunos da rede e professores sobre o uso da plataforma, que para acessar é necessário senha.

Gilber afirma que o Espirito Santo foi o primeiro Estado a universalizar o acesso a orientação profissional, e que o aplicativo é uma das experiências que influenciaram positivamente no Ideb. “Na escola isso é muito importante e virá uma motivação e estimula os estudantes a estudar para alcançar o projeto profissional. Começamos o ano passado com projeto piloto e o ano que vem pretendemos chegar a toda as escolas, igual Rondônia” – explicou o professor.

A Secretaria de Estado da Educação (seduc) de Rondônia está trabalhando na implantação por regionais, para que também seja visualizada a realidade educacional das escolas envolvidas e das regiões para que a plataforma possa evoluir e atender a dinâmica das escolas e dos alunos, conforme a necessidade.

A diretora da Escola Araújo Lima, Dione Martins Magalhães, disse que a ferramenta já foi apresentada em sala para os alunos e para os professores. A equipe pedagógica da escola vai acompanhar professores e alunos durante a implantação da proposta na escola. A princípio serão atendidos 100 alunos, com possibilidade de aumentar a participação, que é voluntária. “O fato de poder ser acessado pelo celular despertará o interesse dos alunos; e de outra forma alguns alunos ainda não sabem ou escolheram uma carreira, o que a ferramenta tecnológica vai poder auxiliar. Temos ainda a oportunidade de prestar mais esclarecimentos e tirar dúvidas dos jovens” – valorizou a diretora.

A secretária de Estado da Educação de Rondônia (Seduc), professora Angélica Ayres, afirmou que “a partir da experiência com esse piloto, a proposta é estender o benefício a todas as escolas de Ensino Médio da Rede Estadual em 2019”.

Leia também:

Aluno premiado com medalha de ouro na Olimpíada de Matemática se diz motivado a continuar estudando


Fonte
Texto: Aurimar Lima
Fotos: Cristian Magno
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Educação, Governo, Rondônia, Serviço, Sociedade, Tecnologia


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube