Governo de Rondônia
Segunda, 17 de maio de 2021

Inauguração

Escolas públicas de Machadinho ganham padrão dos grandes colégios particulares

25 de junho de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

Gestão democrática e ensino integral são metas do governo para elevar níveis do ensino

site01

Governador e diretores de escolas estaduais descerram placas de inauguração das obras

Com padrão de qualidade comparado pela própria população ao de grandes colégios particulares, o governo de Rondônia inaugurou na manhã de quarta-feira (25), em Machadinho do Oeste, as obras de reforma e ampliação das escolas estaduais de ensino fundamental “Professora Maria Conceição de Souza” e de ensino fundamental e médio “Alberto Nepomuceno”, construídos na década de 1980, e que funcionavam sem ar condicionado e estrutura adequada para atender o programa de ensino integral “Mais Brasil”.

A entrega das benfeitorias à população aconteceu na quadra poliesportiva recém-construída da escola Professora Maria Conceição. A Secretaria da Educação (Seduc) estima que os investimentos somente com a reforma e ampliação dos dois colégios superem os R$ 2,1 milhões. Na escola Maria Conceição, homenagem a uma das professoras pioneiras do município, foi construída uma quadra poliesportiva, quatro novas salas de aula, área de convivência com piso em concreto, moderna cozinha e realizada a reforma das salas da administração e supervisão escolar.

site

Professor Antônio da Silva diz que as pessoas param e perguntam se a escola é particular

A escola atende 300 alunos do ensino fundamental e, segundo um dos professores mais antigos do estabelecimento, Antônio Aparecido da Silva, 51 anos, além de haver aderido ao modelo de gestão compartilhada e democrática, o grau de dedicação do corpo docente e dos demais trabalhadores em educação é tamanho que as pessoas chegam a perguntar se a escola é particular.

Já o colégio Alberto Nepomuceno, construído em 1984, com recursos do Planafloro, ganhou mais um bloco com cinco novas salas de aula, banheiros, ala administrativa, pátio, área coberta, copa e garagem, além de aparelhos de ar condicionado para climatização da maioria das salas. que atendem pela manhã e à tarde 850 alunos nos níveis de 1ª a 5ª séries, 6º ao 9º ano, e do ensino médio, o antigo 2º grau.

A ampliação do número de vagas e salas com ar condicionado, e dos investimentos em modernização das instalações dos colégios fazem parte das metas do governo para adequar as escolas públicas para à etapa da implantação do ensino integral. Segundo o governador,em Machadinho do Oeste o ensino integral está bem adiantado e aproveitou o ato de inauguração para anunciar a ampliação do programa de climatização de todas as escolas da rede estadualcom a instalação de aparelhos e centrais de ar condicionado em cada sala de aula.

Lote de caixas das centrais de ar condicionado

Lote de caixas das centrais de ar condicionado

Com a climatização das escolas e outros investimentos para melhorar os níveis de ensino e aprendizagem, o governo pretende reduzir as estatísticas de evasão escolar e melhorar os indicadores de Rondônia no ranking nacional do Índice de Desenvolvimento de Ensino Básico (Ideb), Pisa e de aprovação no Enem.

De acordo com o secretário Emerson Castro, da Seduc, Rondônia vai avançar ainda mais nesses indicadores nos próximos quatro anos, embora atualmente o Estado supere todos os outros do Norte.

Castro classifica como “visão de futuro” a decisão de o governo investir na climatização das salas de aula e repassar recursos às próprias escolas para manutenção. “Ninguém teve esta coragem anteriormente”, acrescentou: “pois instalar ar condicionado no aumento dos níveis e de conscientização e de preservação do meio ambiente, além de contribuir também para que o aluno não deprede o patrimônio”.

Emerson Castro lembrou que a “visão de futuro” do atual governo é responsável ainda por outras conquistas na área da educação, como a implantação do ensino integral e a gestão democrática com eleições diretas para escolha dos diretores, ouvidoria, um canal de comunicação direto da Seduc com a sociedade, e a decisão, por exemplo, de criar no município de Machadinho do Oeste a 14ª Coordenadoria Regional de Educação para dar maior agilidade a todo o processo de gestão da educação.

site

Secretário Emerson Castro, da Seduc, destaca visão de futuro do atual governo

A educação em Rondônia fez avanços com o fim da nomeação dos diretores que se transformavam, por causas das pressões políticas, em “verdadeiros cabos eleitorais”. Agora, além da gestão democrática nas escolas, foi implantado o referencial curricular com o objetivo de nivelar o conhecimento em todas as séries e garantir ao aluno as mesmas condições nos exames para ingresso na faculdade, sem que seja prejudicado pela antiga prática de conteúdos programáticos diferentes entre escolas do mesmo padrão.

O governador anunciou também outras ações e benefícios à população de Machadinho do Oeste, com a assinatura de ordens de serviço para construção da sede da Residência do DER local, lançou o programa de regularização fundiária urbana para atender 1.635 famílias do bairro Bom Futuro, onde o governo realizou obras de asfaltamento, entregou quatro veículos para intensificar os trabalhos de extensão e assistência técnica da Emater, e fez a entrega de um lote de 44 centrais de ar condicionado de 24.000 BTUs para as escolas professora Maria Conceição de Souza (5), Alberto Nepomuceno (18), Ayrton Senna (6), Joaquim Pereira Rocha (16) e Valdomiro Francisco de Oliveira (4).

Governador assina ordens de serviços em Machadinho do Oeste

Governador assina ordens de serviços em Machadinho do Oeste


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Abdoral Cardoso
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Governo, Infraestrutura, Serviço, Sociedade


Compartilhe