Governo de Rondônia
Domingo, 15 de setembro de 2019

EDUCAÇÃO

Estudante Auditor começa ser preparado nesta terça-feira para atuar nas escolas em Porto Velho

09 de setembro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Começa nesta terça-feira (10) e vai até dia 20 a jornada dos alunos na terceira fase do projeto Estudante Auditor, nas instalações das próprias escolas, que por meio de peça teatral, receberão informações específicas sobre o conjunto do projeto, para divulgarem como multiplicadores aos cerca de 2 mil alunos das 8 escolas selecionadas para o certame.

Para o titular da CGE, Francisco Netto, os alunos precisam despertar para o sentimento de pertencimento da escola, e atuar em sua defesa e proteção

Para o controlador-geral do Estado (CGE), Francisco Netto, o projeto, que tem a parceria da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), visa formar alunos com consciência crítica do mundo e principalmente do ambiente em que vivem, tornando-os capazes de reconhecer falhas ou irregularidades nas mais diversas áreas do ambiente escolar, orientações que já começam a ser repassadas a partir desta terça-feira, com o teatro, que apresentará de forma lúdica, o universo do sistema de auditoria e a importância do cidadão em combater irregularidades, desperdícios e mau uso dos recursos públicos.

Ele explicou que, concluída esta etapa, que é mais para divulgação do projeto com informações dirigidas, será iniciada dia 23, a fase da auditoria propriamente dita, quando os alunos passarão a atuar como verdadeiros auditores, para aferir todas as condições de cada ambiente escolar – instalações da sala de aula, auditório, pátio, banheiros, condições das instalações elétricas e hidráulicas, merenda, refeitório, biblioteca, quadra de esportes, laboratório, etc -, produzindo ao final, um relatório por meio de um aplicativo específico, respondendo a um questionário completo da situação encontrada.

Pelo Termo de Cooperação firmado entre CGE e Seduc a ação do projeto vai envolver e atender a 2 mil alunos das 8ªs e 9ªs séries das escolas Roberto Pires e Colégio Tiradentes da Polícia Militar – representando a Zona Norte, Professor Eduardo Lima e Silva e Centro Educacional Maria de Nazaré, na Zona Sul, Flora Calheiros Cotrin e Professor Daniel Néri da Silva, Zona Leste, e Marechal Castelo Branco e Murilo Braga, da região central da Capital.

Importa destacar que para realização do trabalho de auditoria os estudantes auditores e monitores utilizarão um aplicativo criado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), sendo que Rondônia é quarto estado do país e o primeiro da região Norte a se beneficiar com o aplicativo. Nele serão lançadas todas as informações com registros fotográficos sobre as condições dos ambientes de acordo com questionários formulados pela CGE para a auditoria, formando a consciência de transparência sobre os recursos públicos destinados à educação da rede estadual de ensino.

Segundo o titular da CGE os estudante precisam despertar para seu papel como cidadão, ampliar o sentimento de pertencimento da escola, e partir disso atuar com mais determinação, amor e responsabilidade em defesa e proteção de sua escola, eis que é um bem de todos e que precisa de zelo e o cuidado de todos.

Leia mais:

 Projeto Estudante Auditor tem segunda etapa marcada para início de julho com a capacitação dos monitores


Fonte
Texto: Cleuber Rodrigues Pereira
Fotos: Daiane Mendonça e Chapinha Paes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Capacitação, Educação, Governo, Rondônia


Compartilhe