Governo de Rondônia
Domingo, 20 de junho de 2021

PADRÃO MEC

Estudantes comemoram inauguração da Escola Lydia Johnson de Macedo: “muito bonita, grande e arejada”

26 de junho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Inauguração_Lydia Johnson

Alunos da Escola Brasília participaram da inauguração da Escola Lydia Johnson

O recesso escolar na rede estadual ainda não começou e a aluna Ana Cláudia do 6º ano da Escola Brasília já cria expectativas positivas com o retorno das aulas, em julho deste ano. Isto porque a menina de 12 anos será transferida para a Escola Lydia Johnson de Macedo, inaugurada nesta quinta-feira (25), pelo ministro da Educação, Renato Janine, o governador de Rondônia, Confúcio Moura, e a secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli. “Achei ela [Escola Lydia Johnson] muito bonita, grande e arejada”, comenta a estudante de 12 anos.

Com participação dos estudantes da Escola Brasília, pais, comunidade escolar, autoridades e educadores, a cerimônia da inauguração da escola iniciou com a apresentação do coral de música “Cantores do Rei”, da Primeira Igreja Batista de Porto Velho, formados por  familiares da professora que deu o nome da escola.

A Escola Lydia Johnson tem um espaço total de 12 mil metros quadrados, localizada no bairro Costa e Silva, na zona norte da capital, e recebeu um investimento de R$ 3,9 milhões e pode comportar 680 alunos. A estrutura da unidade escolar contando com 12 salas de aula climatizadas e multi-uso, laboratórios de ciências naturais e de informática, refeitório, cozinha, teatro de arena, área de vivência e quadra poliesportiva coberta.

Aline Silva, de 11 anos, afirma ter achado a nova escola “mais legal” do que espaço cedido por uma faculdade particular da capital, onde, atualmente, os alunos da Escola Brasília têm aulas. Grande parte das vagas na nova escola será destinada, temporariamente, aos estudantes da Brasília.

Para Mário Cézar, aluno do 1º ano do ensino médio, a quadra poliesportiva é a parte mais interessante da nova escola, já que, no espaço provisório, não há um ambiente para prática esportiva. “É muito bom que tenha uma quadra na escola. Acho que a educação física é fundamental no desenvolvimento do aluno”, explica o jovem.

 

“Minha mãe disse que adorou a escola e que vai me trazer e me buscar todos os dias” – Juliana Franco, 14 anos

 

Além da quadra, Mário também acha importante a climatização das salas de aula. A aluna Juliana Franco, de 14 anos, completa o pensamento do jovem, dizendo que um ar-condicionado na sala de aula não é mais um artigo dispensável e que contribui muito para o aprendizado dos alunos. “Não tem como a gente aprender alguma coisa no calor, incomoda muito”, pondera. A estudante do 9º ano do fundamental garante que a aprovação da nova escola não foi só dela. “Minha mãe disse que adorou a escola e que vai me trazer e me buscar todos os dias”, conta, rindo.

A secretária Fátima Gavioli afirmou que era um dia que a educação de Rondônia estava em festa, pois uma nova escola estava sendo inaugurada. Fátima comentou que os alunos da Escola Brasília ficarão temporariamente na Escola Lydia Johnson até o original prédio ser revitalizado e entregue à diretora Clarina Cordeiro. “A nossa intenção é deixar alunos somente do ensino médio aqui [Escola Lydia Johnson] para fortalecer este segmento, além de ofertar cursos técnicos na parte da noite”, ressalta.

Secretária Fátima Gavioli explicou, em seu discurso, sobre a história do nome da escola

Secretária Fátima Gavioli explicou, em seu discurso, sobre a história do nome da escola

Fátima explicou que o nome da nova escola é uma homenagem à professora Lydia Johnson de Macedo, que atuou como diretora da Escola Murilo Braga entre 1989 e 2003 e recebeu elogios devido ao seu trabalho desenvolvido para melhoria educacional do Estado.

“Lydia é merecedora de receber a honra das autoridades e de toda esta homenagem”, concluiu a secretária, entregando ao marido da professora, falecida em 2013, uma placa de agradecimento pelos serviços prestados por Lydia à educação de Rondônia.

Acir Gurgacz, senador e autor da emenda que originou a construção da escola, lembrou que a história começou em 2008, perdeu-se pelo o caminho e que, com a ajuda do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o sonho retomou seu rumo e que hoje virou realidade. “Inaugurar uma escola é um marco muito importante, é o início de uma formação de uma nova sociedade”, ressalvou.

O senador disse que a Escola Lydia Johnson de Macedo é a primeira escola com um modelo de padrão estabelecido pelo Ministério da Educação em Rondônia. Além desta, outra unidade escolar deste porte está em processo de finalização em Ji-Paraná.

MELHOR LUGAR

Em seu discurso, o ministro da Educação, Renato Janine, comentou que no dia da inauguração também se comemorava o primeiro aniversário do Plano da Educação e que “não teria lugar melhor lugar para festejar o alcance de metas se não dentro de uma escola”.

Renato Janine, ministro da Educação, afirmou que é importante utilizar o nome de educadores para nomear as escolas

Renato Janine, ministro da Educação, afirmou que é importante utilizar o nome de educadores para nomear as escolas

Janine enfatizou que é uma iniciativa muito importante colocar nome de educadores que se destacaram na educação como nome da escola. “É bom saber que o nome da escola não é de um vulto, mas sim de pessoas que atuaram, com excelência, dentro da escola”, pondera.

O ministro contou que a homenagem feita à professora Lydia Johnson não é somente para ela, e sim para todos os seus ancestrais – os Johnsons, que eram uns dos diversos imigrantes que foram trazidos à Rondônia para trabalhar na Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. “Colocar o nome de Lydia Johnson na escola não é só uma homenagem, é uma forma de demonstrar carinho e compreensão por todos os seus antecedentes que tiveram uma história de superação aqui no Estado”, explicou.

Para o governador Confúcio Moura, a nova escola tem um espaço grande, é arejada e linda, porém só se manterá assim se houver efeitos positivos e de preservação da escola. “Não adianta ter uma escola linda, se não houver cuidado. Hoje ela pode ser bonita, amanhã não mais. E isso tudo parte da iniciativa do gestor de fazer uma revolução aqui dentro”, enfatizou.

As aulas na Escola Lydia Johnson de Macedo, localizada na esquina rua das Associações com a rua 28 de setembro, no bairro Costa e Silva, iniciarão no dia 21 de julho com os alunos totalmente transferidos da Escola Brasília.

Veja fotos da inauguração


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Halex Frederic
Fotos: Bruno Corsino e Quintela
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Governo, Rondônia


Compartilhe