Governo de Rondônia
Sexta, 19 de abril de 2019

SAEB

Estudantes da rede pública estadual de ensino serão avaliados em 2019 pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica

18 de março de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

O Saeb incluirá também a educação infantil, além do Ensino Fundamental e Médio

Os estudantes da rede pública estadual e municipal de ensino serão avaliados por meio do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que substituirá Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA) e o Prova Brasil.

O Saeb unificará essas duas avaliações e os resultados servirão de subsídio ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O Saeb é realizado a cada dois anos, sendo que 2019 é ano de avaliação.

Para a realização da avaliação do Saeb, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) tem mobilizando toda a equipe para sua aplicação. A Gerência de Controle, Avaliação e Estatística- GCAE, juntamente com as Coordenadorias Regionais de Educação- CRE, realizara encontros e oficinas com todos os gestores das escolas estaduais, supervisores, orientadores e professores do 2º, 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio. O coordenador do Núcleo de Acompanhamento de Resultados Educacionais da Seduc, professor Mestre Kary Falcão, diz que “os encontros contribuirão para a elaboração de uma Agenda Saeb/2019 e o fortalecimento do compromisso de superar as metas estabelecidas por cada escola”.

A novidade é que, a partir de 2019, as avaliações externas ANA E Prova Brasil não serão realizadas separadamente, ambas serão realizadas em um único certame denominado então como Saeb. O Saeb terá a diferenciação na indicação da etapa e das áreas de conhecimento avaliada e passará a incluir também a educação infantil, além do Ensino Fundamental e Médio, que já eram avaliados. As aplicações acontecem para turmas de creche, pré-escola, 2º ano, 5 º ano, 9º ano e 3ª Série do Ensino Médio. O 3º ano do Fundamental, que era coberto pelo ANA, deixa de ser avaliado.

O QUE É O SAEB?

O Sistema de Avaliação da Educação Básica -Saeb  é composto por um conjunto de avaliações externas em larga escala que permitem ao Inep realizar um diagnóstico da educação básica brasileira e de alguns fatores que possam interferir no desempenho do estudante, fornecendo um indicativo sobre a qualidade do ensino ofertado e nos seus resultados que compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), somados aos dados do Senso Escolar, abandono e aprovação e desempenho escolar formando assim dois critérios de avaliação: o fluxo e a proficiência. A proficiência medirá os rendimentos em Linguagens e Matemática, dentro do conjunto de habilidades que o aluno deve obter até o final da Educação Básica.

De acordo com Kary Falcão, “o desenvolvimento da proficiência deve ser uma ação contínua da escola e elaborada a partir de planejamento baseado em indicadores e metas estabelecidas”. Afirma que “com os resultados do Ideb, é possível desenvolver políticas públicas adequadas às necessidades de cada escola”- disse Falcão.

O professor destaca que “Um exemplo de evolução graças à inserção de políticas específicas é a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Mariana, a qual obteve média 2,0 sendo que a meta era 4,2. Já em 2017, ano da última avaliação a Escola superou a meta de 4,4 atingindo 5,0”, contou Falcão.

Leia mais:

 Maratona de Aulões chega à Escola Capitão Cláudio Manoel da Costa em Porto Velho


Fonte
Texto: Dani Constantino/Vitória Siton
Fotos: Secom/ Chapinha Paes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Rondônia, Serviço, Sociedade


Compartilhe