Governo de Rondônia
Quinta, 16 de setembro de 2021

PALÁCIO DAS ARTES

Musical e lançamento de selo marcam comemoração dos 90 anos da Escola Barão do Solimões

21 de setembro de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

O Teatro Palácio das Artes, foi palco no último final de semana, da programação alusiva aos 90 anos da Escola Estadual Barão do Solimões, de Porto Velho. O evento aconteceu na sexta-feira (18), reunindo um grande público, que lotou o espaço para prestigiar a homenagem feita por alunos e ex-alunos, que se juntaram aos funcionários e ex-funcionários da escola mais antiga da Capital.

Alunos e ex-alunos se juntaram aos servidores e ex-servidores para homenagear a Barão do Solimões, escola mais antiga da Capital

Alunos e ex-alunos se juntaram aos servidores e ex-servidores para homenagear a Barão do Solimões, escola mais antiga da Capital

Na abertura, houve a solenidade de lançamento do selo e carimbo comemorativos; e em seguida foi realizado o musical “Barão do Solimões – 90 anos, faço parte dessa história”, que trouxe ao palco composições de músicos da região Norte numa apresentação de resgate cultural.

Sob a coordenação geral de Jussara Assmann, o espetáculo contou com 15 apresentações musicais reunindo mais de 40 alunos, além de participações especiais de “Maria do Pandeiro” e do professor Luciano Guedes. A produção de arte foi de Valéria Barbosa. A direção musical  e regência coral, de Sabrynne Sampaio; e na direção musical e regência de percussão teve  Bira Lourenço e o músico convidado, Mauro Araújo.

O repertório misturou a história de Porto Velho e da escola e logo no início da apresentação os sons da floresta tomaram conta do ambiente. Músicas, como “Estrada de Ferro Madeira-Mamoré” ganharam uma roupagem especial com coreografia representando os dormentes do trem. A mostra foi finalizada com uma versão da música “Baião”, de Humberto Teixeira, que na adaptação de Bira Lourenço contou o surgimento da escola.

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Barão dos Solimões foi criada em 1925 com o objetivo de atender à demanda gerada durante a construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. Passou por várias sedes provisórias até ocupar prédio próprio em 1940, sede atual, localizada na região Central de Porto Velho.

Para o superintendente estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer, Rodnei Paes, essa homenagem foi justa e oportuna, por revelar uma parte da história de Rondônia. “Comemorar esse marco tão importante, e com uma produção como esta, só reforça o quanto a arte e a educação podem caminhar juntas. Parabenizo os organizadores do evento, pela iniciativa”, afirmou.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Eliane Viana
Fotos: Sejucel
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Cultura


Compartilhe