Governo de Rondônia
Quinta, 20 de fevereiro de 2020

ALINHAMENTO

Executivo reforça compromisso com a sociedade e união entre Poderes em sessão de abertura do Ano Judiciário

27 de janeiro de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

Secretário-chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, destaca que união entre Poderes tem permitido o avanço no desenvolvimento de Rondônia

A união dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário para benefício da sociedade e para o desenvolvimento de Rondônia foi destacada, na manhã desta segunda-feira (27), pelo secretário-chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, que representou o governador coronel Marcos Rocha na sessão de abertura do Ano Judiciário.

‘‘O que quero deixar aqui, em nome do governador, é que o Executivo tem buscado sempre a harmonia. Prova disso foi o cumprimento do teto de gastos no ano passado, várias reuniões aconteceram. Todos os Poderes uniram-se para um objetivo comum’’, disse o secretário-chefe da Casa Civil.

Essa força-tarefa envolvendo todos dos Poderes permitiu que o Estado cumprisse o compromisso com o limite de gastos em 2019, e também fez com que Rondônia entrasse em 2020 com o orçamento com superávit de R$ 300 milhões.

Rondônia atualmente está na categoria B de pagamento, segundo a classificação da capacidade de pagamento (Capag) da Secretaria do Tesouro Nacional. O trabalho alinhado entre os Poderes, o controle de gastos e o planejamento estratégico do Executivo agora se move para elevar a classificação de Rondônia no cenário econômico.

‘‘O Estado caminha para subir para a categoria A. Isso quer dizer que nós vamos ser um dos principais estados da Federação com mais tranquilidade para os investidores, devido à solidez. Isso tudo por causa de uma gestão focada na transparência, uma vez que conseguimos, de forma inédita, a classificação 100% de transparência pelo Tribunal de Contas. Resultado da, também, da seriedade do nosso governador’’, afirma Júnior Gonçalves.

A solenidade marca o início oficial das atividades ordinárias da Justiça de Rondônia e foi conduzida pelo presidente do Tribunal de Justiça (TJ-RO), desembargador Paulo Kiyochi Mori, eleito para o biênio 2020/2021

A solenidade marcou o início oficial das atividades ordinárias da Justiça de Rondônia e foi conduzida pelo presidente do Tribunal de Justiça (TJ-RO), desembargador Paulo Kiyochi Mori, eleito para o biênio 2020/2021, e que, assim como o Executivo, acredita na união de esforços para atender melhor os anseios da sociedade rondoniense.

‘‘Reafirmo o compromisso com a população do Estado e o regular funcionamento das instituições com harmonia e independência para que nossas missões institucionais sejam cumpridas. O nosso objetivo tem que ser o de melhor servir a população de forma eficiente e ampla. E unidos no propósito maior do bem comum, muito faremos. Será um biênio de muito trabalho, mas esse esforço que faremos juntos não será em vão’’, afirma o presidente do Tribunal de Justiça.

Leia mais:

 Rondônia tem superávit orçamentário de R$ 300 milhões para 2020 e região do Café recebe investimentos de fomento à agricultura

Projetos de Leis do Executivo aprovados em sessão extraordinária garantem benefício para educação e segurança pública


Fonte
Texto: Vanessa Moura
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Economia, Governo, Justiça, Rondônia, Sociedade


Compartilhe