Governo de Rondônia
Terça, 19 de março de 2019

EXTENSÃO SOCIAL

Extensionista da Emater-RO é homenageada pela contribuição aos direitos e defesa da mulher

12 de dezembro de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

Em sessão solene realizada nesta terça-feira (10), a Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia destacou personalidades que prestaram relevantes trabalhos para o enfrentamento à violência contra a mulher e efetivação dos direitos humanos no estado. A homenagem foi iniciativa do deputado estadual Lazinho da Fetagro em reconhecimento às “mulheres, companheiras de lutas e muita garra, unidas antes mesmo da Lei Maria da Penha”. A extensionista Irisvone Luiz Magalhães, da Emater-RO, foi uma das homenageadas.

35 anos de serviços prestados à extensão pela Emater-RO.

Segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas pra os Direitos Humanos (ACNUDH), o Brasil é o quinto país com maior número de feminicídio, termo este dado para assassinatos de mulheres por questões de gênero. Entre 2003 e 2013 os números de violência contra a mulher cresceu mais de 20%, passando de “3.937 casos para 4.762 mortes.” O documento aponta ainda que, em 2016, uma mulher foi morta a cada duas horas.

Com o objetivo de proteger a mulher contra a violência doméstica e familiar foi criada em 7 de agosto de 2006 a Lei Maria da Penha (Lei 11.340), mas somente em 2015, através da Lei 13.104, o Brasil alterou o artigo 121 do Código Penal (Decreto-Lei 2.848/1940), reconhecendo o assassinato de uma mulher em função do gênero e qualificando o feminicídio como crime hediondo.

Em Rondônia, de acordo com o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, em 2014 foram registrados 6,4 homicídios a cada 100 mil mulheres. 40% a mais que a média nacional, e os números continuam surpreendendo. Em 2017 foram cedidas mais de duas mil medidas protetivas e, somente em julho deste ano, em um único final de semana, foram registrados mais de 50 casos de violência doméstica.

O Estado tem buscado meios para coibir a violência contra as mulheres com campanhas de conscientização envolvendo diversos segmentos da sociedade civil e do poder público e a Emater-RO tem participado dessa luta.  Os “16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres 2018”, iniciado no dia 19 do mês passado, contou com uma programação diversificada envolvendo palestras, seminários, audiências e debates com temas voltados para o enfrentamento ao racismo, à agressão, à sexualidade, à segurança e a muitos outros que atingem diretamente as mulheres de todas as idades.

EXTENSÃO EM DEFESA ÀS MULHERES
Em 1971 a Emater-RO foi implantada no estado para levar assistência técnica e extensão rural às famílias no campo, mas foi somente na década de 80, com a criação da extensão social, que a autarquia iniciou os trabalhos pelo bem-estar das mulheres.  “Nós sempre estivemos presentes nessa luta”, diz Irisvone Luiz Magalhães, extensionista da Emater-RO homenageada pela Assembleia Legislativa de Rondônia pelo relevante trabalho no enfrentamento à violência contra a mulher.

Relevantes trabalhos para o enfrentamento à violência contra a mulher e efetivação dos direitos humanos no estado.

Aos 63 anos de idade, dos quais 35 de serviços prestados à extensão, Irisvone dedicou seu trabalho na luta em favor das mulheres. Contratada pela Emater-RO em 1983 foi a primeira extensionista social de Rolim de Moura designada para atuar na região da zona da mata. Natural de Formosa, no estado de Goiás, com formação técnica em economia doméstica, graduou-se no curso superior de tecnólogo em gestão ambiental, especializou-se em análise ambiental e agroecologia e concluiu mestrado em gestão ambiental.

Dentre suas inúmeras atividades foi fundadora e presidente da Associação de Mulheres do Município de Rolim de Moura (1988); secretária municipal de ação social de Pimenta Bueno (1991 e 1992); diretora executiva da Fundação de Amparo ao Menor Carente e Ação Social de Rondônia (1996 a 1998); mobilizadora do 1º Congresso Estadual de Mulheres para a criação da Federação Rondoniense de Mulheres (Ferom/1996);  assessora estratégica da Emater-RO nos anos de 1995,1996 e de 2010 a 2018, além de contribuir com a implementação e criação de mais de 80 organizações de mulheres em todos os municípios do estado de Rondônia. A homenagem prestada pela Assembleia Legislativa de Rondônia à Irisvone estende-se à todas as extensionistas sociais da Emater-RO, pois é através delas que as políticas públicas de assistência social, orientação e enfrentamento chega ao campo.

Além de Irisvone Luiz Magalhães, também receberam a comenda Walkyria Vieira Boaventura Manfroi, Edna Mara Souza, Ida Perea Monteiro, Benedita Nascimento Pereira, Mara Valverde, , Izabel Soares Lopes Oliveira, Rosenilda Ferreira de Souza Silva, Marivane dos Reis da Silva e Silvana Mota Davis (in memoriam). A  Gerente Estadual De Políticas Da Mulher, Hala Cristina Vieira De Lima, e a sargento PM Roseneide da Costa Lopes receberam voto de Louvor.


Fonte
Texto: Wania Ressutti
Fotos: Irene Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Assistência Social, Evento, Rondônia


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube