Governo de Rondônia
Quinta, 16 de setembro de 2021

HABITAÇÃO

Famílias desabrigadas pela enchente do Madeira participam do sorteio de endereços no Residencial Porto Madero III

21 de julho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

sorteio das casas dos moradores da enchente (4)

Famílias participaram do sorteio realizado na Escola Estadual Major Guapindaia

O Governo de Rondônia, em parceria com a Caixa Econômica Federal, realizou na manhã desta terça-feira (21), no auditório da Escola Estadual Major Guapindaia, em Porto Velho, o sorteio de endereços do Residencial Porto Madero III para 304 famílias desabrigadas pela enchente histórica do rio Madeira, que aconteceu no ano passado, e também para famílias que residem em áreas de risco, na capital.

Sebastião Batista dos Santos não conteve a emoção ao saber que terá uma morada no Residencial Porto Madero III, depois de ter sua casa carregada pela enchente.  Ele tem 58 anos, morava no Bairro Triângulo há 18 anos, um dos locais mais atingidos pela cheia. Sebastião conta que superou várias dificuldades até ser contemplado com o apartamento novo.

“Quando fui fazer o cadastro dos atingidos pela enchente, havia um problema com a minha documentação que constava como casado. Há mais de dez anos separado eu nunca tinha me divorciado, então, fui até o estado de Mato Grosso fazer o divórcio para arrumar a documentação e não perder a oportunidade de conquistar uma nova moradia. Estou muito feliz, não há nada melhor do que você ter a sua casa própria”, declarou Santos.

Sebastião morava há 18 anos no bairro Triângulo e teve a casa arrastada pelas águas

Sebastião teve a casa arrastada pelas águas

Para Karen Miranda, que morava no bairro Cai n’Água, as margens do rio Madeira, o momento marca um recomeço para ela e o marido. Após perder o único imóvel, foram morar de favor. “Nem consigo descrever minha emoção, ficamos desesperados quando perdemos a casa que morávamos. Fico muito feliz e em paz só de saber que agora teremos um local seguro e o melhor de tudo, uma morada que podemos chamar de nossa”, afirmou.

A secretária de Assistência Social de Rondônia, Valdenice Domingos, explicou que o Governo recebeu da prefeitura uma demanda com 1.187 famílias que perderam seus imóveis na enchente ou residem em áreas de risco, destas, 928 estavam compatíveis com a regras do Programa Minha Casa Minha Vida e foram beneficiadas com moradias nos Residenciais Porto Mdero III, Porto Madero IV e Orgulho do Madeira. “Esta é a primeira etapa de sorteio de endereços para as famílias contempladas, ainda teremos o sorteio de endereços dos outros dois residenciais que acolheram a demanda de desabrigados e moradores de área de risco, portanto, os que se encontram nessas condições e tiveram os cadastros aprovados, irão participar em breve de próximos sorteios”, esclareceu.

Valdenice destacou ainda a preocupação do governador Confúcio Moura na agilidade de entrega dos imóveis aos beneficiários. “A Seas tem uma demanda na política habitacional que é muito grande, em todo Estado são 20 mil unidades habitacionais em execução, só aqui na capital são 12.189 moradias. Trabalhamos para garantir que todas as moradias sejam destinadas às famílias que mais precisam”, declarou Valdenice Domingos.

sorteio das casas dos moradores da enchente (10)

Secretários do estado e do município participaram do evento

O prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif, compareceu ao local do sorteio e declarou estar muito feliz com mais uma etapa da reconstrução no pós-enchente. “Não estávamos preparados para a grande cheia do rio Madeira que ocorreu ano passado e que deixou muitas famílias desabrigadas, mas, graças a parceria entre os governos federal e estadual, estamos conseguindo solucionar os problemas habitacionais”, frisou o prefeito.

O secretário adjunto da Seas, Márcio Felix, destaca que após o sorteio de endereços, as famílias irão fazer a vistoria dos apartamentos, em seguida assinar os contratos junto a instituição financeira, neste caso a Caixa Econômica Federal, para finalmente receberem as chaves do imóvel. “Diante da necessidade dessas famílias que perderam suas casas, estamos trabalhando para realizar a entrega das chaves o mais rápido possível”, destacou Felix.

Participaram ainda do ato de sorteio, o gerente regional da Caixa Econômica Federal, Carlos Aparecido Fernandes de Oliveira; a secretária municipal de Regularização Fundiária e Habitação, Márcia Luna; o secretário municipal de Planejamento  e Coordenação, Jorge Elarrat; o deputado federal Lindomar Garçon e o vereador Claudio da Padaria.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Luana Lopes
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Governo, Habitação, Inclusão Social, Rondônia


Compartilhe