Governo de Rondônia
Terça, 20 de outubro de 2020

FOMENTAR

Fapero comemora nove anos incentivando a pesquisa e a inovação tecnológica em Rondônia

25 de julho de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

No último dia 15 de julho foi assinado acordo de cooperação para a quarta edição do programa PPSUS

Fomentar e induzir a pesquisa e a inovação tecnológica tem sido o empenho da Fundação de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa do Estado de Rondônia (Fapero), que comemora, neste sábado (25), nove anos de criação. Em comemoração, promoverá uma live na página oficial do Facebook,  na próxima segunda-feira (27), ás 19h30, para demonstrar os avanços de desenvolvimento científico no Estado de Rondônia.

A Fapero vem executando diversos programas e importantes ações estratégicas como forma de reduzir as desigualdades regionais durante esses noves anos. “Com o objetivo principal de formar recursos humanos de excelência, transferir o conhecimento para ações tecnológicas envolvendo os arranjos produtivos locais e apoiar a aquisição, instalação, modernização, ampliação ou recuperação da infraestrutura de pesquisa científica e tecnológica nas instituições públicas ou privadas, e sem fins lucrativos”, explica o presidente da Fapero, Leandro Soares Moreira Dill.

O presidente da Fapero explica que os avanços desenvolvidos pela Fundação são de grande quantidade nos últimos anos, com apoio de eventos científicos, editais para pesquisas de agronegócios e parcerias com instituições, sempre buscando as melhorias dos serviços e investindo na tecnologia e ciência.

No ano de 2019, foram investidos mais de R$ 3 milhões para o fomento de pesquisas científicas e inovação, que resultam em melhorias para o Estado. Por meio do Programa de Apoio à Pesquisa em Publicações Científicas (PAP-Publica), a Fapero realizou o lançamento de livros e publicações científicas. E pelo Programa Pesquisa para o SUS (PPSUS), investe e incentiva a produção de pesquisas científicas em saúde para o Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Fapero vem executando diversos programas e importantes ações estratégicas como forma de reduzir as desigualdades regionais

 

Leandro ressaltou ainda, que no último dia 15 de julho foi assinado acordo de cooperação para a quarta edição do programa PPSUS, o qual deve ser lançado edital no mês de agosto. “Serão disponibilizados R$ 1.400.000 para projetos e estudos em saúde pública, inclusive para pesquisas sobre a Covid-19, sendo um R$ 1 milhão do Governo Federal, R$ 200 mil da Fapero e R$ 200 mil da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau)”, acrescenta.

Live em comemoração aos nove anos de Fapero em Rondônia

Fica o convite para os pesquisadores e estudantes de tecnologia e ciência, que queiram conhecer mais sobre a Fapero, para participar da live na página oficial do Facebook, ás 19h30.

CRIAÇÃO

É uma Fundação de direito público, com autonomia administrativa financeira, compondo a administração indireta do Poder Executivo. A Fapero foi criada pela Lei nº 2.528 de 25 de Julho de 2011. A Fundação Rondônia, prevista no art. 201 da Constituição Estadual, de acordo com o disposto no §5º do Artigo 218 da Constituição Federal de 1988, é a penúltima Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP) a ser criada no Brasil.

As FAPs são responsáveis pela implantação de uma importante parcela da política de apoio à ciência e tecnologia no País. A Fundação Rondônia, assim como as demais, visa promover o desenvolvimento científico e tecnológico através do fomento à ciência, tecnologia e inovação.

 

Leia Mais:

Fapero fará live em rede social para explicar à população sobre sua função no Estado de Rondônia

Fundação Rondônia promove debate on-line sobre Ciência e Tecnologia na Amazônia

Fapero enaltece empenho e dedicação de pesquisadores que contribuem com o SUS durante a pandemia em RO


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Elaine Barbosa
Fotos: Arquivo Fapero e José Gadelha
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Água, Capacitação, Cursos, Ecologia, Evento, Governo, Meio Ambiente, Piscicultura, Rondônia, Saúde, Serviço, Servidores, Sociedade, Tecnologia


Compartilhe