Governo de Rondônia
Sexta, 20 de setembro de 2019

PISCICULTURA

“Festival do Tambaqui da Amazônia” na Esplanada dos Ministérios, com destaque para o pescado de Rondônia

05 de agosto de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Na próxima quarta-feira (07) a partir das 10:00 horas, 6 mil quilos de tambaqui da Amazônia, assados na brasa totalizando mais 4 mil bandas sem espinhas, com destaque para o pescado produzido no Estado de Rondônia, serão distribuídos ao público em kits preparados e temperados prontos para o consumo. O “Festival do Tambaqui da Amazônia” tem como objetivo mostrar na capital federal a qualidade, o sabor e sanidade do pescado produzido em cativeiro, sem afetar o meio-ambiente, gerando emprego e rendas nas áreas urbanas e rurais.

Organizado pela secretaria de Agricultura do Estado de Rondônia em parceria com a Secretaria Nacional de Pesca e piscicultores deste estado, o evento tem como foco mostrar em nível nacional a importância alimentar do pescado produzido em água doce na Amazônia, conforme frisa o secretário de Agricultura, Evandro Padovani. Na atualidade o Estado de Rondônia produz mais 75 mil toneladas anuais de tambaqui em cativeiro com capacidade para atingir um milhão de toneladas em cinco anos. O pescado rondoniense vem sendo comercializado em 18 estados brasileiros e exportado para o Peru e Ásia.

De sabor inigualável a carne do tambaqui produzido em cativeiro, com ração adequada e manejos técnicos necessários, esse processo que deu certo em Rondônia vem apresentando resultados positivos e permitindo que a espécie se reproduza em seu ambiente natural. Em Rondônia são 1.800 hectares de lâmina de água, em 4.800 pequenas e médias propriedades rurais. O clima é propício, água pura e corrente, tanto nos rios como nos cativeiros onde o tambaqui da Amazônia apresenta forte vocação para se tornar em mais uma fonte como produto para exportação.

Na realidade a proposta do Governador de Rondônia, Marcos Rocha, com apoio da Ministra da Agricultura, Teresa Cristina por meio de ações com outros parceiros é apresentar o tambaqui de Rondônia e da Amazônia, como opção aos consumidores de pescado, uma vez que a maioria da população ainda possui hábito alimentar de levar a mesa peixes do mar e espécies importadas. Assim surgiu a iniciativa de se criar e apresentar em Brasília o “Festival de Tambaqui da Amazônia”.

Degustando o tambaqui de Rondônia

Pratos preparados por mestres em cozinha, na noite de terça-feira (6) a partir das 20:00 horas, na sede da Confederação Nacional de Agricultura (CNA), serão servidos para degustação de 180 convidados, entre empresários, autoridades, jornalistas e representantes de embaixadas sediadas em Brasília, possivelmente com a presença do presidente Jair Bolsonaro, um jantar a base a de tambaqui produzido em Rondônia.

Conforme aduz, o secretário de Agricultura, Evandro Padovani, a idéia é levar ao conhecimento do público externo formador de opinião, que o Estado de Rondônia possui condições para produzir pescado em larga escala com qualidade e sanidade para atender o consumo interno e exportar para outras nações. O momento é agora que a produção de alimentos gerados no Brasil, como carne, soja, milho, café, frangos e suínos estão conquistando com força o mercado internacional, o tambaqui produzido aqui pode também ocupar este viés econômico.

Sucesso nacional

Em entrevista ao programa “Brasil Rural” apresentado pelo jornalista, Marcelo Ferreira, na Rádio Nacional de Brasília que vai ao ar das 5:00 às 7:00, o secretário de Agricultura Evandro Padovani ressaltou a importância deste evento, bem como o apoio que governador Marcos Rocha vem oferecendo ao setor produtivo e ao agronegócio. A entrevista foi reprisada em diversos órgãos de comunicação de vários estados, inclusive em Rondônia, revelando por outro lado o interesse de outros veículos de imprensa.

A piscicultura na Amazônia, principalmente no estado de Rondônia, apresentado por meio de um vento desta envergadura em Brasília, tem tudo para dar certo, pois conta com o apoio de parceiros importantes na área do comércio e do agronegócio. Nestes tempos modernos, as parcerias estão se tornando uma ferramenta essencial para o desenvolvimento econômico e social.


Fonte
Texto: José Luiz Alves
Fotos: Renata Silva
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agropecuária, Economia, Governo, Piscicultura, Rondônia, Turismo


Compartilhe