Governo de Rondônia
Segunda, 17 de maio de 2021

Floresta plantada poderá trazer maiores rendimentos aos produtores

30 de junho de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

Técnicos da Arflora – Associação Rondoniense de Floresta Plantada – estiveram em Costa Marques, a aproximadamente 700 quilômetros da Capital rondoniense, para levar informações sobre o programa “Plantar Árvores em Rondônia é um Grande Negócio”, com palestras sobre a nova legislação em vigor no Estado.
Técnicos da Arflora incentivam plantio de árvores

Técnicos da Arflora incentivam plantio de árvores

 
A visita da equipe da Arflora foi solicitada pelo produtor Braz Natálio, do Assentamento Conceição, através da Associação Mista dos Produtores rurais do Assentamento Conceição. A palestra apresentou aos produtores as novas determinações legais sobre o plantio de árvores para fins comerciais além de informações sobre os direitos e deveres do produtor rural, de acordo com o novo Código Florestal Brasileiro – Lei 12.651 de 25 de maio de 2012.
 
Após o ciclo de palestra na região Costa Marques, a equipe da Arflora deslocou para Jaru e Urupá, na região central, onde explanaram sobre os mesmos temas.
 
Arflora
 
A Arflora é presidida pelo deputado estadual Jaques Testoni (PSD), e tem como vice-presidente o senador Valdir Raupp (PMDB). Trata-se de um projeto desenvolvido e liderado pelo parlamentar desde 2011 com o intuito de viabilizar o plantio comercial de árvores em Rondônia incentivando o produtor rural a investir no ramo.
 
Jaques avalia que estimular a produção de madeira boa para fins comerciais é dar oportunidade de renda para pequenos e grandes produtores, além de laminadoras em todo o Estado. “O retorno do investimento poderá ser alcançado em apenas cinco anos, como a Teca que possui quatro etapas: o primeiro corte pode ser realizado com apenas cinco anos, o segundo com 10 anos, o terceiro com 15 anos e o quarto corte que permite a exportação com 25 anos. Para a extração, se a árvore for de espécie exótica (Teca, Eucalipto, Pinus, Mogno Africano entre outras), o produtor pode realizar o corte das árvores e vendê-las com a nota do Produtor Rural”, explica e reforça o deputado.

Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Assessoria
Fotos: Arflora
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia


Compartilhe