Governo de Rondônia
Segunda, 01 de março de 2021

INFRAESTRUTURA

Frente dos Portos pede celeridade na liberação de novos recursos para o porto público de Rondônia

10 de maio de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Em audiência nesta terça-feira (9), na Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP), o deputado federal Marcos Rogério, presidente da Frente em Defesa dos Portos, Hidrovias e Navegação do Brasil, e o presidente da Sociedade dos Portos e Hidrovias de Rondônia (Soph), Leudo Buriti, pediram celeridade do governo federal para o processo de investimentos no porto público de Rondônia.

Leudo Buritis esteve na Secretaria acompanhado do deputado Marcos Rogério

Marcos Rogério e Leudo Buritis estiveram nessa terça-feira na Secretaria de Portos

Juntamente com o presidente da Soph, Marcos Rogério informou ao secretário Luiz Otávio de Oliveira o andamento do projeto de revitalização e modernização da gestão do porto de Porto Velho e o andamento do processo de licitação para a compra de equipamentos, além da construção de dois novos prédios: um armazém para carga geral e a nova sede administrativa.

Já foram repassamos cerca de R$ 20 milhões e há outros R$ 4 milhões empenhados, confirmados pelo secretário nacional dos Portos. O convênio prevê o montante de R$ 27 milhões que devem ser investidos até o final de 2018. Também está confirmada a prorrogação do contrato de arrendamento da Hermaza, que já opera granéis sólidos no porto há 20 anos.

“Era preciso realinhar as tratativas, pois houve mudanças na estrutura administrativa do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. A equipe técnica que coordenava os investimentos da Soph na Secretaria dos Portos foi substituída no início de maio”, relatou o presidente Marcos Rogério.

Outro ponto discutido na reunião foi o decreto presidencial que será editado pelo governo, concedendo maior autonomia aos Portos Públicos Delegados, uma reivindicação da Associação Brasileira de Portos e da Frente Parlamentar em Defesa dos Portos, Hidrovias e Navegação.

O projeto de revitalização e modernização da gestão do porto elaborado pelo governo de Rondônia contempla, também, a restauração de vias e pátios asfaltados do porto e a restauração do cais flutuante, instalado há 25 anos. A Soph terá dois anos para executar todo o plano de trabalho em parceria e com o apoio da SEP.

Saiba Mais:

Apresentada prévia do levantamento sobre o porto público de Porto Velho

Porto Público realiza licitação para aquisição de rampas flutuantes

Porto público de Porto Velho embarca primeira carga de madeira da Bolívia para o exterior

Representantes da Labtrans e Ministério dos Transportes fazem levantamento do porto de Porto Velho

Único alfandegado na Amazônia Ocidental, porto de Porto Velho tem tarifas reduzidas 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Assessoria Marcos Rogério
Fotos: Assessoria parlamentar
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Economia, Empresas, Governo, Infraestrutura, Rondônia, Transporte


Compartilhe