Governo de Rondônia
Sexta, 25 de junho de 2021

CIDADANIA

Gestores municipais são orientados a investir em ações de prevenção a desastres e outros eventos naturais em Rondônia

19 de junho de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Ações de prevenções e estruturação da Defesa Civil nos municípios foram a tônica do 1º Seminário Rondoniense de Redução de Risco de Desastres, realizado nesta segunda (19), no auditório do Tribunal de Contas, em Cacoal, com a participação do ministro de Integração Nacional, Helder Barbalho

Reunião foi realizada em Cacoal

“Ações de prevenção são o caminho para minimizar sofrimentos diante das catástrofes”, disse o governador Confúcio Moura, referindo-se aos eventos provocados pela natureza, como incêndios e enchentes, durante a abertura oficial do seminário que reuniu os prefeitos da região.

O seminário, coordenado pela Secretaria Estadual de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), teve o objetivo de orientar os prefeitos sobre a importância de implantar a Defesa Civil nas cidades e alimentar os sistemas de informação interligados com as defesas estadual e nacional.

“A cada evento que gere os inconvenientes, os sistemas devem ser nutridos imediatamente”, destacou o ministro Helder Barbalho, instruindo os prefeitos a acionar a Defesa Civil Nacional com as informações pertinentes sobre a intempérie ocorrida. “Assim conseguimos abreviar o socorro ao município mais rapidamente”, pontuou.

Na solenidade, o governador  prestou homenagem com a maior comenda do Corpo de Bombeiros, a Medalha da Ordem do Mérito Imperador Dom Pedro II, ao ministro Helder Barbalho, enquanto o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Chianca Pimentel, entregou ao senador Valdir Raupp e à deputada federal Marinha Raupp.

Leia Mais:

Defesa Civil estadual presta apoio aos municípios com risco de enchentes; Itapuã do Oeste registra famílias desalojadas


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Capacitação, Convênios, Evento, Governo, Rondônia, Segurança, Tecnologia


Compartilhe