Governo de Rondônia
Sexta, 26 de fevereiro de 2021

ENTREVISTA

Governador destaca ações de enfrentamento no pós-cheia

06 de maio de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

O Governo envidará todos os esforços na reconstrução do Estado, foi o que garantiu o chefe do Executivo rondoniense, Confúcio Moura, durante entrevistas concedidas na manhã desta terça-feira (06) às emissoras Meridional (Bandeirantes) e Allamanda (SBT).

6 - entrevista

Recepcionado pela apresentadora do programa Rondônia Urgente, Cristiane Lopes, que questionou o estado de calamidade pública decretado, o governador respondeu sobre a medida tomada devido às cheias e o prejuízo estimado em R$4,2 bilhões. “O Estado de Calamidade Pública permite tomar decisões mais rápidas para a reconstrução”, afirmou Confúcio. Um grupo de representantes viajou para tomar conhecimento das ações que são realizadas em outros Estados da União que passam por situação de catástrofes e estará de volta nesta quarta (07), data em que será realizada em nível de urgência uma reunião para decidir a forma e as frentes de trabalho a serem criadas, tudo com o objetivo de otimizar a fase de reconstrução.

De acordo com o governador, os governos do noroeste brasileiro devem se unir a fim de possuir maior expressividade no momento de angariar recursos junto às fontes nacionais. “Precisamos de recursos e o Acre também. Então vamos juntos pegar estes recursos”, exemplificou o governador que lembrou que as micros, pequenas e médias empresas precisam e terão linhas de crédito com condições especiais.

“Para isto serão renegociadas dívidas e pactuadas garantias junto aos bancos para a liberação de subsídios”. Até o momento R$ 8 milhões foram recebidos como suporte do Governo Federal dos quais R$ 2 milhões foram destinados para Rolim de Moura, R$ 2 milhões para compra de cestas básicas e R$ 4 milhões para estrutura de pontos de apoio, deslocamento de equipes e atividades semelhantes de suporte.

6 - entrevista 1

Moradias

O trabalho de retorno e reconstrução será realizado em harmonia com prefeitos e moradores. “É uma transição que não é de uma hora para outra. Teremos que ver os lotes legalizados, os projetos e por fim as construções, isto para os centros urbanos atingidos.

Nas áreas rurais as características são outras, pois os moradores já possuem um estilo de vida, uma cultura e raiz. O rio já exerce uma influência sobre o modo de vida de comunidades como São Carlos e Nazaré, motivo pelo qual não querem sair.

Comando Policial

Logo após concluir entrevista no TV Meridional, o governador se dirigiu aos estúdios do programa do SBT Comando Policial, apresentado por Marcelo Reis e que vai ao ar através do canal 13 da TV aberta.

Ao apresentador, o governador falou da importância de parcerias para reconstrução do Estado, inclusive contando com o apoio do Crea/RO e seus cerca de 8.000 profissionais afiliados que darão amplo suporte nesta etapa de reconstrução.

Confúcio lembrou ainda dos importantes avanços na área de saúde e na qualidade do atendimento. São ações como a da equipe do Serviço de Atendimento Médico Domiciliar (SAMD) que faz o atendimento na casa do paciente. A necessidade de leitos em hospital de urgência fez com que se apostasse na construção do novo hospital de emergência do Estado, o qual esteve visitando as obras pela manhã.

Para o enfrentamento às endemias do pós-cheia, o governador lembrou que há equipes treinadas aptas aos atendimentos. São Médicos sanitaristas do Cemetron e Agevisa que estão a postos e preparados para ajudar e proteger a população.

Para a população, ele pede que evite o contato com água contaminada e siga os procedimentos para descontaminação das casas e os cuidados com a água para consumo.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Romeu Noé
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Economia, Educação, Governo, Habitação, Inclusão Social, Infraestrutura, Rondônia, Saneamento, Saúde, Serviço


Compartilhe