Governo de Rondônia
Terça, 04 de agosto de 2020

1º DE MAIO

Governador Marcos Rocha manifesta gratidão aos trabalhadores e celebra com esperança um novo tempo para Rondônia

30 de abril de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

O 1º de Maio de 2020 veio ser diferente dos anteriores. Vivemos delicados momentos de uma pandemia mundial e essa situação nos levou a conhecer melhor nossa classe produtora, nosso comércio, nossa indústria, nossos profissionais liberais, nossas escolas e universidades, e o nosso próprio funcionalismo público.

São pessoas valorosas, tanto na direção e supervisão de empresas e escritórios, quanto no quadro de servidores de cada um deles.

No Governo, quantos se obrigaram a trabalhar em casa durante a quarentena? Quantos tiveram que se afastar, por fazerem parte do chamado grupo de risco? Foram muitos, conforme constata a Superintendência Estadual de Gestão de Pessoas, a Segep.

Neste feriado, manifesto a minha gratidão e a de todos os nossos secretários, superintendentes, diretores e demais chefes, àqueles servidores estaduais que não pararam um só dia nessa luta contínua contra o novo coronavírus.

Enquanto agilizávamos a compra de aparelhos e equipamentos modernos para fazer funcionar melhor nossos hospitais, profissionais de saúde se desdobraram e seguem se desdobrando em hospitais, postos, laboratórios e demais repartições da Saúde Pública, para assegurar o devido atendimento às vítimas da Covid-19.

Deus Criador e Pai guiou-os em sua sagrada doação, 24 horas por dia, para que Rondônia se esforçasse no enfrentamento dessa pandemia, e dentro do possível, salvasse a maioria dos seus doentes.

É realmente um 1º de Maio no qual a palavra mais forte é gratidão: o Governo é grato pelos servidores que têm e por sua destemida sequência de ações em prol do crescimento da rede pública de saúde.

Neste feriado, eu destaco o fato de nosso Estado alcançar o 4º lugar no Índice de Transparência da Covid-19, relatando a cada dia os casos suspeitos e confirmados.

Conseguimos imprimir rapidez e eficácia na divulgação desses dados, porque antecipamos o decreto do estado de calamidade pública e colocamos diversos órgãos públicos a serviço da vigilância da quarentena na Capital e em todo o Interior rondoniense.

Também quero lembrar o 1º de maio de 1940, quando foi instituído o salário mínimo que supriria todas as necessidades básicas de uma família.

O 1º de maio de 1941, quando o Brasil ganhou a Justiça do Trabalho, órgão do Poder Judiciário voltado para as causas trabalhistas.

1º de maio de 1943, quando foi criada a Consolidação das Leis do Trabalho, conhecida como CLT.

Mesmo com a modernização do serviço público e a introdução de modernas tecnologias, são as mãos humanas que movem a economia e salvam vidas.

O sábio Aristóteles disse que felicidade é ter o que fazer.

David Carvalheira disse que o trabalho dignifica o homem, o prazer aperfeiçoa a obra, a paixão dá sentido, e o amor eterniza.

Quando trabalhamos, não trabalhamos só para ganhar dinheiro ou cumprir tarefas dadas pelo patrão, trabalhamos para glorificar a Deus. (1 Coríntios 10:31).

Deus disse que devemos trabalhar durante seis dias e descansar no sétimo (Êxodo 20:9-10). Também aprovou feriados para O louvarmos e recuperarmos as forças.

São os trabalhadores protagonistas que também nos motivam e permitem falar em conquistas, dedicação, respeito, solidariedade, dignidade, honra, lutas e compromisso.

O momento não está sendo fácil. Vemos muitos trabalhadores parados, mas ao mesmo tempo sei que iremos vencer. Eu confio que, brevemente, nós estaremos trabalhando normalmente.

Acredito que até lá, nossas vidas serão melhores do que são hoje; que nós produziremos mais, passaremos por essa guerra e tornaremos o nosso Estado de Rondônia ainda mais forte.

Saúdo os trabalhadores rondonienses e os que para cá vieram ao longo de décadas; a todos desejo saúde, paz e prosperidade.

Que as senhoras e os senhores continuem honrando a nossa terra, sem se vergar ao tamanho do desafio, porém, se importando com a grandeza da união.  Em união seguiremos demonstrando que Rondônia é o caminho seguro para a redenção do Norte brasileiro.

MARCOS ROCHA
Governador de Rondônia


Fonte
Texto: Governo de Rondônia
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia


Compartilhe