Governo de Rondônia
Terça, 29 de setembro de 2020

HOMENAGEM

Governador Marcos Rocha pede honestidade e união aos servidores públicos de Rondônia

25 de outubro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Na celebração do seu dia, servidores se reúnem na escadaria da Torre Pacaás Novos do Palácio Rio Madeira

 

Na primeira homenagem ao Dia do Servidor em seu mandato, o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, incentivou os servidores públicos estaduais à união e honestidade. A homenagem foi antecipada para esta sexta-feira (25), em ato na escadaria e na praça do Palácio Rio Madeira, devido à lei que estabelece o feriado coincidir com a próxima segunda-feira (28).

Diariamente, conforme disse, o governador se ajoelha no gabinete pedindo a Deus “para que as pessoas consigam se unir”, e “sabedoria para enfrentar os maus”.

Governador assiste à apresentação da artista Letícia, do Circo Broadway

A marcha Coronel Bogey deu início à programação. Em seguida, a Banda de Música da PM tocou o hino do estado, Céus de Rondônia.

“Vamos nos movimentar um pouco”, apelou em seguida a educadora física Núbia Souza. Lentamente, em alongamentos, os servidores se exercitaram e bateram palmas.

O som de discoteca continuou. No alto da escadaria, governador e esposa, a secretária de Assistência e do Desenvolvimento Social Luana Rocha; o superintendente de Gestão de Pessoas, coronel Sílvio Luiz Rodrigues da Silva; e o superintendente de Gastos Públicos, coronel Carlos Lopes, não pararam um só minuto, alongando-se e dançando.

Na sequência, o público aplaudiu a artista do Circo Broadway, Letícia Marques Moraes, 13 anos, vestida de Emília [do Sítio do Picapau Amarelo].

Depois, o humorista Charles Guttemberg, o Rapadura, descontraiu ainda mais o ambiente. Caminhou em frente ao grupo de autoridades, saudando um por um com suas brincadeiras, e tirou foto com o governador. Letícia, aniversariante, foi saudada com Parabéns a Você, acompanhado pela banda, e muitas palmas.

“Eu sou grato a todos que colaboraram para que pudéssemos fazer esta comemoração”, disse o superintendente coronel Sílvio Rodrigues. Citou o apoio da Casa Civil, do Cerimonial, da Secom e da Seduc.

“SERVIR É UM DOM DIVINO”

“Se o Estado fosse um grande restaurante, nós todos seríamos garçons. Temos uma bandeira linda, um estado grandioso, mas não fosse a força de vocês, nem escolas, nem estradas seriam concluídas”, afirmou o superintendente.

Rodrigues citou o líder pacifista Mahatma Gandhi: “Servir é um dom divino”. “Vocês são a alma deste estado”, conclamou, pedindo a todos que se cumprimentem diariamente com sorrisos.

O governo homenageou dois servidores: o médico Amílcar da Silva Lopes, cirurgião há 33 anos no Hospital de Base Ary Pinheiro, e o professor, poeta e acadêmico de letras João Batista Guilherme Correia, servidor da Seas. A secretária Luana Rocha cumprimentou-os.

O pastor evangélico Castelo Branco pediu às pessoas que olhassem para o alto, sentindo-se especialmente abençoadas: “Somos representantes de Deus aqui na terra”. Em seguida, orou: “Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso espírito, para que possais discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada e o que é perfeito. [Paulo aos Romanos, 12,2].

INVESTIMENTOS

Professor João Correia e médico Amílcar Silva, homenageados

O governador Marcos Rocha dirigiu-se a alguns secretários, relatando a maneira como os conheceu durante sua carreira na Polícia Militar: “Ao assumirmos o governo, juramos cumprir todo o nosso trabalho, respeitar e honrar a nossa população”.

Citou a classificação de Rondônia entre as arrecadações nacionais: o estado saiu a 17ª posição para a terceira e aguarda a confirmação de instalação de seis indústrias até 2020.

“São empregos diretos e indiretos que virão, e se trabalharmos essa realidade, conjugando-a com a vontade de fazer, o aumento de nossa receita também permitirá socorrer empresas falidas, concedendo a elas o Refis [Programa de Recuperação Fiscal].

“A população está governando comigo”, enalteceu o combate à corrupção e o apoio rondoniense ao governo nesse sentido.

Recomendou a todos saber cantar os hinos pátrios e o de Rondônia, e – aqueles que ainda não sabem – aprender os símbolos nacionais.

COMEMORAÇÃO VEM DESDE O IMPÉRIO

A história do serviço público no Brasil não é recente. Desde a época do Império, os agentes do serviço público trabalham para manter em funcionamento a máquina burocrática do Estado. Após a Proclamação da República, o serviço público passou a ter ainda maior importância dentro da enorme organização administrativa que se formou.

Além da manutenção administrativa, o funcionalismo público também é de extrema importância para a manutenção do patrimônio material público, como praças e ruas, além de sua função na prestação de serviços à população, como no caso da saúde e da educação pública.

Entretanto, foi apenas em 1939, no dia 28 de Outubro, que um documento regulamentou o trabalho do funcionalismo público. Tratava-se do decreto 1713/39. Posteriormente, o então presidente Getúlio Vargas, em 1943, decretou como feriado do Dia do funcionário público a data de promulgação dessa lei. [Do site Mundo Educação].

Leia mais:
Governo antecipa para sexta-feira o salários de servidores     
Almir Brasil ajudou a criar 13 municípios: Maria Emília coordena obras de desenvolvimento socioeconômico em Rondônia

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Montezuma Cruz
Fotos: Frank Néry
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia


Compartilhe