Governo de Rondônia
Domingo, 16 de maio de 2021

MIRANTE DA SERRA

Governador visita colégio Migrantes e lança desafio para melhoria dos indicadores do Ideb

05 de abril de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

1 - professores em migranteO governador Confúcio Moura visitou sexta-feira (4), antes de iniciar o cumprimento da agenda oficial em Mirante da Serra,  a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Migrantes, onde conversou com funcionários, alguns alunos e a maioria dos professores. O colégio é um dos maiores da região com 31 salas de aula, 33 professores e 890 alunos.

Depois de propor aos professores o desafio para transformar a qualidade do ensino da unidade num modelo da rede pública estadual, o governador anotou uma a uma as reivindicações da comunidade e dos professores para novas providências, como os pedidos de ampliação de mais cinco salas de aula, construção de um auditório e ala para funcionamento do laboratório de matemática.

1 - ESCOLA MIGRANTESAssumiu em seguida o compromisso com os professores de responder pessoalmente às solicitações que recebeu e disse que iria procurar falar o mais rápido possível com o secretário estadual da Educação, Emerson Castro, para se inteirar melhor sobre o assunto e buscar mais informações. “Mas eu mesmo quero dar essas respostas a vocês, embora saiba que o Emerson virá aqui”.

O governador tem aproveitado as visitas às escolas nos municípios para conversar com os professores, alunos e outros trabalhadores da educação, incentivando e discutindo propostas de melhoria dos indicadores do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), criado pelo Inep em 2007 e que representa a iniciativa pioneira de reunir em um só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações.

1 - reuniao com professoresO método agrega ao enfoque pedagógico dos resultados das avaliações em larga escala do Inep a possibilidade de resultados sintéticos, facilmente assimiláveis, e que permitem traçar metas de qualidade educacional para os sistemas. O indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar e médias de desempenho nas avaliações do Inep.

No período de 2007 a 2011, o Ideb do ensino na rede pública estadual de Rondônia deu um salto de 3.6 para 4.7. Esse desempenho foi classificado pelo governador como “muito bom” ao fazer um apelo para que todos, inclusive os pais, participem dos esforços para melhorar ainda mais os indicadores.

O governador sugeriu aos professores para que deem, por exemplo, as atividades em laboratórios ou realização de oficinas relativas às disciplinas de matemática e português, pois, segundo ele, os especialistas começam a admitir, como aconteceu numa das palestras durante o 1º Encontro de Capacitação de Diretores e Gestores Escolares, no final de fevereiro na região de Ji-Paraná, que: “aprender não é com o cérebro e sim fazendo com as mãos”.

1 - reuniao com professores migranteO diretor do colégio, professor Valdenir Tavares de Souza garantiu que o laboratório de ciências está com cerca de 90% das obras concluídas e falta agora a construção da ala para o laboratório de matemática para dar suporte ao novo projeto pedagógico.

O governador explicou ainda que é necessário avançar principalmente na melhoria do ensino da matemática – por meio de métodos de metafísica – e português, pelo fato de serem as duas disciplinas que servem de parâmetros universais de avaliação.

2 - cameras nas escolasNa saída, parou na sala de monitoramento das câmeras de vigilância, um investimento inicial de R$ 10 mil e que será complementado com a instalação de mais câmeras para controle do movimento de entrada e saída de pessoas pela porta principal e as laterais do colégio. De acordo com o Valdenir Souza, todas as salas, pátio e outras instalações da escola são monitoradas pelo sistema de câmeras.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Decom
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação


Compartilhe