Governo de Rondônia
Terça, 15 de junho de 2021

REINCLUSÃO SOCIAL

Governo anuncia retorno do Projeto Reabilitando pela Arte

19 de junho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

O retorno do programa de recuperação de apenados e prevenção à criminalidade, através das artes cênicas, foi definido na terça-feira (17) pelo diretor de teatro, Marcelo Felice, e o governador Confúcio Moura. O Projeto Reabilitando pela Arte, que é conduzido por Felice, estava suspenso mas será reabilitado por representar importante ação na recuperação de apenados. Para Confúcio Moura, é fundamental que o diretor teatral volte a desenvolver o trabalho que tem valor como reeducação e como arte pioneira, uma vez que os atores são artista oriundos das unidades penais do Estado.

Pioneiro no País, e consolidado com resultados positivos, o trabalho, que envolve a participação de sentenciados como atores e a plateia como alvo das mensagens, terá apoio de setores do Judiciário e de secretarias estaduais. Marcelo Felice é responsável pelo espetáculo teatral, Bizarrus, que foi apresentado em diversas temporadas em Rondônia e outros Estado, despontando mensagens de valores humanos voltadas a adolescentes e pré-adolescentes.

Felice afirmou que seu ciclo em Rondônia não estava concluído e que o retorno do projeto revela o valor do trabalho realizado. “Reencontrando pessoas que trabalharam na peça Bizarrus, cada uma contando suas vitórias a partir daqueles momentos, entendo a grandeza desta empreitada”, disse ele.

O governador reuniu no mesmo encontro os juízes Sérgio William e Sandra Silvestre; o secretário estadual de Planejamento, Orçamento e Gestão, George Braga; a secretária-adjunta da Educação, Marionete Assunção; o secretário de Justiça, Marcos Rocha, além de Felice, para tratar do projeto de reinserção social dos apenados. Ele afirmou que os presentes têm participação ativa, de alguma forma, no projeto.

A forma como o Reabilitando pela Arte será reiniciado começou a ser delineada e os detalhes finais devem ser concluídos nos próximos dias. O secretário George Braga e o superintendente estadual de Cultura , Esportes e Lazer, Rodnei Paes, definirão o novo modelo das ações que serão iniciadas com o apoio dos demais parceiros.

Nos próximos dias, Marcelo Felice irá a Brasília participar de uma discussão que pretende levar a metodologia aos presídios de todo o País. “Vou dizer que este produto é de Rondônia, porque foi aqui que tudo começou, e produziu frutos”, concluiu.

RESULTADOS

“Estou entusiasmado com o retorno. Não dá para ficar parado”, definiu o diretor Marcelo Felice sobre o reinício do trabalho com apenados. Ele avaliou, que embora possa parecer uma atividade pequena, os resultados são gratificantes e positivos para a sociedade. “Se 10 pessoas saem de uma unidade prisional e se comprometem em retomar à vida normal, sem reincidir, já valeu a pena”, acrescentou.

Além da peça Bizarrus, o projeto também encena o espetáculo O Topo do Mundo, com mensagens voltadas a adultos, direcionadas a alunos que estão concluindo o Ensino Médio e universitários.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Bruno Corsino
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia


Compartilhe