Governo de Rondônia
Quarta, 05 de maio de 2021

Governo contrata tratamento para dependentes químicos

19 de fevereiro de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

Atualmente a Casa Família Rosetta atende 120 pessoas. O tratamento de um dependente químico dura cerca de seis meses, tendo a triagem para recebimento, a internação e a reinserção social. “O convênio com o Estado vai nos ajudar muito”, fala o vice-presidente da instituição Julio Streit.
Streit também agradeceu o apoio do Governo do Estado. “Estamos felizes por sermos a primeira instituição a assinar este tipo de contrato. É o reconhecimento do nosso trabalho”.

Confúcio Moura disse que desde o início de sua gestão está preocupado em implantar um trabalho que resgate jovens e adultos da dependência química. A estimativa é de que 1% da população seja usuária de crack, ou seja, no Estado seriam em torno de 17 mil pessoas. “Estou muito feliz por estar neste evento. É um evento pequeno, mas muito importante. Estamos dando passos para assistir os dependentes”.

O edital para a aquisição de vagas para tratamento em instituições está aberto. Atualmente, três entidades estão em processo de credenciamento para convênio com o Estado através Superintendência Estadual de Promoção da Paz (Sepaz). “A política que trata sobre as drogas tem características próprias. É difícil firmar parcerias como esta”, conta a superintendente da Sepaz, Maria da Penha de Souza Menezes.
A superintendente disse ainda que é uma felicidade firmar a parceria com a Família Casa Rosetta. “Nós estamos tentando buscar formas de acolher os dependentes químicos. Queremos fortalecer políticas sobre drogas no Estado”.
De acordo com um levantamento realizado pela Sepaz, no Estado há 42 instituições que tratam dependentes químicos. “O Estado tem uma dívida para com essas unidades. É nossa missão contribuir com elas”, encerra o governador.
Além dos convênios que serão firmados com instituições, o Governo do Estado tem um Centro de Referência em Prevenção e Atenção à Dependência Química (Crepad) em Porto Velho, funcionando desde agosto do último ano, e a previsão de construir mais três unidades nos municípios de Ariquemes, Cacoal e Vilhena. Os Crepad’s de Cacoal e Vilhena estão aguardando a ordem de serviço para o início da construção e o de Ariquemes está em processo licitatório.

Texto: Amabile Casarin
Foto: Ésio Mendes


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia


Compartilhe