Governo de Rondônia
Quarta, 20 de novembro de 2019

EDUCAÇÃO

Governo de Rondônia abre cinco vagas para doutorado em psicologia, inédito na região Norte

18 de fevereiro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Até o próximo dia 24, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) abrirá inscrições para cinco vagas disponíveis para a primeira turma de doutorado em psicologia. O Plano Estadual de Educação projeta para os próximos dez anos a elevação do número de mestres e doutores nessa área, com ênfase para cognição humana, psicologia clínica e psicologia social.

O investimento nesse doutorado é de R$ 2,95 mil, anualmente reajustáveis, parcelados em 48 vezes. O candidato pagará R$ 200 no ato de inscrição.

O curso viabilizado pela Seduc na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação tem parceria entre a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e a Faculdade Católica de Rondônia, em Porto Velho.

“No quadro atualmente temos apenas um doutor e 87  mestres na nossa rede estadual de ensino; esses números são insignificantes em comparação com os quase 13 mil professores da rede estadual”, comentou o gerente de Formação e Capacitação Técnica e Pedagógica, Marcos Antônio Shreder da Silva.

Segundo a Coordenadoria de Recursos Humanos da Seduc, até dezembro de 2015, trabalhavam na educação estadual 9.131 professores e 380 técnicos.

Segundo Shreder, o resgate de diversos projetos proporcionado pelo Núcleo de Projetos Educacionais permitirá a especialização em lato sensu [em sentido amplo] e strictu senso [em sentido estrito]. “Um núcleo pensante será primordial para o estado de Rondônia. É indiscutível que as pesquisas possibilitarão modificações no âmbito individual e coletivo, trazendo melhoramentos nas práticas educacionais e possibilitando aos sujeitos adotarem uma postura crítica diante dos problemas inerentes ao interesse público”, comentou Marcos da Silva.

O gerente comparou da formação continuada em stricto sensu com outros três estados brasileiros: Oferta de bolsas de R$ 1.300,00 (mestrado) e R$ de 1.600,00 (doutorado). Além da manutenção do salário mensal após o afastamento para cursar ser deferido. Santa Catarina adota o afastamento remunerado  para o período do curso e no primeiro semestre de 2016 1° semestre/2016 oferece 38 vagas para mestrado quatro vagas para doutorado.

A Secretaria de Educação do Paraná permite aos participantes receber vencimentos sem nenhum ônus ou seja recebe sua remuneração durante todo o período do curso. Em quatro anos, aquele estado formou 823 mestres e doutores nas diversas áreas do conhecimento.  A média anual é fabulosa: 205,75.

Na chamada Meta 16 do Projeto Melhoria da Qualidade de Ensino nas Escolas da Rede Pública, o gerente prevê a formação de 100% dos professores da educação básica, até o último ano de vigência do Plano Estadual de Educação, assegurando condições de acesso ao strictu sensu e garantindo a todos profissionais da educação básica formação continuada em sua área de atuação. “Isso leva em consideração necessidades, demandas e contextualizações dos sistemas de ensino”, assinalou.


Fonte
Texto: Montezuma Cruz
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Brasil, Capacitação, Comunicação Interna, Conferência, Convênios, Cultura, Cursos, Distritos, Edital, Educação, Governo, Inclusão Social, Informativo, Infraestrutura, Interno, Justiça, Legislação, Lei da Informação, Meio Ambiente, Municípios, Previdência, Rondônia, Saneamento, Saúde, Segurança, Serviço, Servidores, Sociedade, Solidariedade


Compartilhe