Governo de Rondônia
Sexta, 05 de março de 2021

ENFRENTAMENTO

Governo alinha com empresários e prefeitos novas medidas de controle da pandemia em Rondônia

15 de janeiro de 2021 | Governo do Estado de Rondônia

Alinhamentos buscam equilibrar saúde e economia em Rondônia durante pandemia

Em observação ao contexto atual da pandemia em Rondônia, o Governo do Estado de Rondônia realizou nesta sexta-feira (15) videoconferência com empresários e prefeitos para discutir alinhamentos de novas medidas para o enfrentamento à Covid-19. O secretário-chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, juntamente com a equipe de Saúde e Finanças apresentou propostas e também ouviu sugestões. A ideia é que todas as medidas sejam tomadas em conjunto e que cada proposta seja analisada técnica e minuciosamente, considerando, primordialmente a saúde da população, e ao mesmo tempo não levando a economia a sacrifícios desnecessários.

Alguns empresários demonstraram a sensibilidade com a atual situação da pandemia, considerando inclusive que é importante evitar o que ocorre no estado vizinho, o Amazonas, onde a população da capital vive um período dramático com falta de leitos e elevado número de mortes.

O secretário de Estado de Finanças (Sefin), Luís Fernando Pereira, explicou que a ideia do Executivo Estadual é proceder com os mesmos métodos aplicados em cenários anteriores, onde a restrição de atividades deu fôlego para o fortalecimento da assistência à saúde da população rondoniense.

Luís Fernando lembrou ainda, que ao longo da pandemia, o Governo de Rondônia adotou medidas que reduzissem os impactos na economia, como a prorrogação do vencimento dos pagamentos de impostos e liberação de microcrédito. Questionado pelos empresários sobre novas medidas, o secretário ouviu cada uma das sugestões e comprometeu-se em analisar o que é possível ser adotado.

O secretário-chefe da Casal Civil, ainda informou aos empresários que estão sendo pleiteadas pelo Poder Executivo iniciativas para fortalecer a saúde, e superar o atual cenário da pandemia, para desta forma ter segurança na liberação mais ampla das atividades econômicas.

A equipe de Governo reuniu-se  também com os prefeitos de Rondônia para alinhar de forma conjunta, novas medidas restritivas para o enfrentamento da pandemia

MUNICÍPIOS

Após a videoconferência com os empresários, a equipe de Governo reuniu-se com os prefeitos  de Rondônia para também alinhar de forma conjunta, novas medidas restritivas para o enfrentamento à pandemia que vão compor um novo decreto.

Durante a videoconferência, o secretário-chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, disse que é muito importante o apoio de todos os prefeitos para que possam levar a informação de maneira correta à população e juntos evitar maiores danos à economia. “Os prefeitos podem contar com o apoio do governador Marcos Rocha, como de toda a equipe de Governo para juntos vencermos esse vírus”, garante.

Os prefeitos questionaram a realização da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que está programada nacionalmente para domingo (17), e foram informados que a decisão sobre o mesmo está sendo analisada tecnicamente observando o contexto da pandemia e o tema deve ser contemplado no decreto. Outro questionamento levantado pelos prefeitos foi quanto ao abastecimento de oxigênio no Estado e os mesmos foram tranquilizados de que a situação é monitorada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e encontra-se  em situação positiva.

O presidente da Associação Rondoniense de Municípios (Arom), Aurismar Araújo, agradeceu a participação dos prefeitos que puderam esclarecer dúvidas e dar sugestões durante a videoconferência.

MEDIDAS

Para evitar o avanço na ocupação dos leitos de UTI do Estado, os prefeitos foram conscientizados das medidas que serão adotadas para os que vão fazer parte das fases 1 e 2, como a restrição de circulação em determinado período que será instituído em ato normativo, intensificação do home-office no serviço público e privado, e a suspensão  de atividades não essenciais.

O novo decreto será baseado no Decreto nº25.113, de 5 de Junho de 2020, e está previsto para entrar em vigor a partir de domingo (17).


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Vanessa Moura/Elaine Barbosa
Fotos: Ésio Mendes/Frank Néry
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Economia, Empresas, Governo, Rondônia, Saúde, Servidores, Sociedade


Compartilhe