Governo de Rondônia
Domingo, 20 de junho de 2021

FEIRA AGROPECUÁRIA

Governo de Rondônia apoia realização da Portoagro; R$ 100 milhões estarão disponíveis para financiamento

31 de agosto de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

O Governo de Rondônia apoia a 1ª Feira de Negócios e Tecnologias Rurais Sustentáveis de Porto Velho (Portoagro), que será realizada de 24 a 27 de setembro próximo em Porto Velho. O lançamento do evento será nesta segunda-feira, no Senac Esplanada.

O secretário da Agricultura de Rondônia, Evandro Padovani, anunciou que o Governo do Estado articulou com as instituições financeiras e colocará à disposição do pequeno produtor rural mais de R$ 100 milhões para financiar a agricultura familiar.

Governo  oferece know-how da Rondônia Rural Show à prefeitura para a Portoagro

Governo oferece know-how da Rondônia Rural Show à prefeitura para a Portoagro

A organização da feira é da Prefeitura de Porto Velho, por sua Secretaria de Agricultura (Semagric), mas como não podia ser diferente, o Estado como parceiro do Município, além de dar o suporte financeiro para a realização da feira, está repassando à municipalidade todo o know-how da Rondônia Rural Show, e toda a experiência que tem na realização de grandes eventos, com a expectativa de que o município de Porto Velho, que é um importante produtor de grãos, carne e leite, resgate sua cultura rural e mantenha o desempenho com que se notabilizou como grande polo de produção agrícola, agora reforçado como quinto maior produtor de peixe do Estado.

Padovani fez questão de ressaltar que um importante polo produtivo como o município de Porto Velho tem que está obrigatório e competentemente inserido neste universo da economia rural do Estado, e voltar ao contexto como modelo diferenciado de produção, que privilegia todos os segmentos, do pequeno ao grande produtor, e da agricultura familiar à grande indústria agropecuária, promovendo inovações no campo que vão da simples orientação de manejo – tão bem conduzida pelos técnicos da Seagri e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) -, ao uso de tecnologia e ponta nas diversas áreas do setor produtivo.

PORTÕES ABERTOS

O secretário explicou que a participação do Governo neste projeto para realização da Portoagro tem determinação especial do governador Confúcio Moura, que apesar de não fazer exigências, deseja ver portões abertos para que toda sociedade participe do evento, e mais, que todos os produtores rurais do Estado possam expor seus produtos e serviços gratuitamente, sem ônus de qualquer espécie.

Segundo Padovani, a determinação do governador é de que todos os órgãos do Estado ligados ao setor – Seagri, Emater e Agência de Defesa Agrossilvopastoril (Idaron) – montem a estruturas completas no parque de exposição para prestar os melhores serviços à comunidade produtiva. “A escolha de uma máquina, um tipo de semente, um processo de financiamento ou a escolha de matrizes e reprodutores bovinos, ovinos, caprinos, suínos, etc, se for feita com orientação adequada gera resultados de valor, e esse será o papel de nossos técnicos na feira”, garantiu.

FESTA E 100 MILHÕES PARA PEQUENOS

Com as instalações em andamento no Parque dos Tanques, sede histórica das grandes feiras agropecuárias do Município, a Portoagro terá R$ 100 milhões à disposição dos produtores agrícolas, piscicultores e pecuaristas para financiarem seus projetos, segundo anunciou o secretário Evandro Padovani.

Evandro Padovani, secretário de estado da Seagri

Evandro Padovani, secretário de Estado da Agricultura

Além dos bancos oficiais como Banco do Brasil (BB), Banco da Amazônia (Basa) e Caixa Econômica Federal (CEF), o Governo do Estado colocará também à disposição dos produtores agrícolas, toda a estrutura do Banco do Povo, para atender as necessidades do produtor em todos os níveis, com linhas de crédito diversificadas para compra de máquinas, implementos, suprimentos e insumos como calcário, sementes, adubos, etc.

Ao falar da dimensão do evento, o secretário Evandro Padovani fez lembrar que para a realização de um evento desta magnitude, a Prefeitura de Porto Velho contou também com a importante parceria da Assembleia Legislativa, que liberou R$ 400 mil como emenda parlamentar coletiva, para suportar os custos da Portoagro.

De acordo com a programação divulgada pela Prefeitura, nos quatro dias da feira o produtor rural e a comunidade de Porto Velho vão poder participar ainda de atividades especiais como palestras, demonstração e prática de processos de transferência de tecnologias, leilões, rodeios, exposição de animais e shows musicais.

CRÉDITO FUNDIÁRIO PARA 257 PRODUTORES

Durante a realização da feira em Porto Velho, o governador Confúcio Moura vai fazer a entrega da documentação (escrituras) de imóveis rurais – pequenas propriedades – a 257 produtores rurais beneficiados pelo Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF), gerenciado em Rondônia pela Seagri.

Segundo o titular da Seagri serão 257 novos felizes produtores rurais, proprietários de fato e de direito de sua terra, que vão trabalhar pelo desenvolvimento do Estado, como Miguel Franco das Neves e sua família, hoje proprietário de um sítio na linha Marta Regina, no Assentamento Beira Rio em Pimenta Bueno, considerado um modelo do programa, eis que apresenta sinais inconteste de prosperidade. Ali a família produz frutas, legumes e verduras, com entrega garantida, e ainda tem uma pequena criação de gado leiteiro e tanque de criação de peixes, que garante uma vida farta e feliz a todos.

Segundo o secretário, o objetivo do Governo em possibilitar todos os meios para que essas famílias possam trabalhar na própria terra vai além do simples papel de agente público de fomentar o setor produtivo como estratégia convencional para todos os setores. Para ele, apoiando, assentando e dando condições para essas famílias produzirem, o Governo estará também atuando para fortalecer sua própria economia, “que no nosso caso está centrada e impulsionada na força que vem do campo”, disse Padovani.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Cleuber R Pereira
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Economia, Evento, Governo, Indústria, Infraestrutura, Rondônia, Tecnologia


Compartilhe