Governo de Rondônia
Segunda, 06 de abril de 2020

EDUCAÇÃO

Governo de Rondônia paga mais de R$ 2,1 milhões em pecúnia para servidores ativos e inativos da Seduc

13 de março de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

O governo de Rondônia efetuou o pagamento superior a R$ 2.150 milhões em pecúnia

O governo de Rondônia efetuou o pagamento superior a R$ 2.150 milhões em pecúnia (dinheiro) de licença-prêmio a 143 servidores ativos e inativos da Secretaria Estadual de Educação de Rondônia (Seduc), referente ao mês de fevereiro do corrente ano.

A licença-prêmio está prevista no artigo 123 da Lei nº 6.892 e beneficia os servidores que trabalham a cada cinco anos ininterruptamente, dando a eles o direito de gozar três meses de licença conforme consta na lei.

De acordo com Nilson Gonçalves Vieira, gerente de Recursos Humanos da Seduc, em 2012 o número de aposentados aumentou e para que os trabalhos na administração públicas não fosse prejudicado com a defasagem dos servidores, o governo do Estado teve como solução convocar o servidor que tem direito a licença-prêmio a retornar ao trabalho recebendo em pecúnia.

De acordo com o secretário de Estado da Educação da Seduc, Suamy Vivecananda, o governo do Estado, vem realizando os pagamentos de direitos e horas-extras acumulados dos anos anteriores, verbas indenizatórias e rescisórias, além de outros direitos trabalhistas e está empenhado em honrar compromisso assumido com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Rondônia (Sintero), visto que existia um acordo de haver o pagamento de R$ 600 mil/mês e em fevereiro o valor ultrapassou os R$ 2 milhões.

“Estamos trabalhando de acordo com o planejamento estratégico determinado pelo governador do Estado, concentrando nos reais problemas a serem resolvidos, o governo tem honrado os compromissos que tem assumido e a prova maior, é que em janeiro de 2020, 653 servidores receberam R$ 8,21 milhões e no ano passado beneficiaram-se com a pecúnia 938 servidores, somando recebimentos no total de R$ 12,36 milhões”, pontuou o secretário.

Leia mais:

 Licença: mães servidoras públicas têm 180 dias de dedicação exclusiva ao bebê

3ª Edição dos JIS tem prosseguimento no próximo sábado na Escola Brasília

História dos seringueiros dá início ao Aulão Itinerante nas escolas estaduais da Capital


Fonte
Texto: Antônio Queiroz
Fotos: Frank Néry
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Governo, Rondônia, Serviço, Servidores


Compartilhe