Governo de Rondônia
Domingo, 15 de setembro de 2019

ECONOMIA

Governo de Rondônia qualifica mão de obra de serviços gerais e estabelece economia de 30% com a utilização de reeducandos

08 de agosto de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Ainda seguindo a meta de redução dos gastos estabelecida em 20%, o Governo de Rondônia, através da Superintendência de Gestão dos Gastos Públicos Administrativo (Sugesp), realizou na quarta-feira (7) um treinamento de Jardinagem e Adubação.

A capacitação foi direcionada aos reeducandos da Sugesp, que assumiram as atividades com o encerramento do contrato com a empresa terceirizada que realizava o serviço. O fim do contrato visa a qualidade dos gastos essenciais.

Para que os alunos tivessem maior aproveitamento, todo o treinamento foi dividido em duas etapas, teórica e prática. O extensionista rural da Emater, Josciney Viana de Farias, responsável pelo curso, abordou desde práticas básicas de jardinagem até técnicas que adubação, que é a prática agrícola que consiste no fornecimento de adubos ou fertilizantes ao solo, de modo a recuperar ou conservar a sua fertilidade.

A administradora do Palácio Rio Madeira, Jomara Lopes, explica que a utilização de reeducando como mão de obra estabelece uma economia de mais de 30% em contratos de manutenção para o governo e ajuda na ressocialização dos apenados. “Além da enorme economia para o Estado, o reeducando que desenvolve essa atividade tem a oportunidade de retornar à sociedade, após o cumprimento da pena restritiva de liberdade, pretendendo o não cometimento de novos atos infracionais, adquirindo ainda novas habilidades para sua inserção no mercado de trabalho. Com isso, temos um ambiente harmonioso com a manutenção dos nossos jardins e um belo trabalho social atrelado à racionalização que tanto precisamos”, disse Jomara.

A Sugesp é responsável pela gestão e controle dos gastos essenciais do governo como energia elétrica, combustível, manutenção geral dos veículos do Estado, produtos e equipes de limpeza, controle de diárias, passagens, e publicidade. Nos primeiros meses do ano, foram economizados mais de R$95 milhões com a manutenção de vários contratos. Todo recurso oriundo dessa economia está sendo aplicado em áreas prioritária como saúde e educação.


Fonte
Texto: Cleiciano Galdino
Fotos: Leandro Morais e Jomara Lopes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Contratos e Aditivos, Economia, Governo, Rondônia


Compartilhe