Governo de Rondônia
Domingo, 09 de maio de 2021

EDUCAÇÃO

Governo de Rondônia que ampliar número de escolas em intercâmbio cultural nos Estados Unidos

05 de março de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Em reunião com o diretor adjunto de Educação e Tecnologia da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Sergio Moreira, o governador Confúcio Moura definiu na quarta-feira (4), que o governo do estado manterá o programa “Conexão Mundo” de intercâmbio cultural de estudantes aos Estados Unidos e ampliará o número de escolas para o próximo ano.

A ação realizada em parceria com o governo de Rondônia, Sesi/Senai, Confederação Nacional das Indústrias (CNI)  e os Estados Unidos surgiu de uma parceria firmada com a Embaixada Americana em 2013, quando os alunos rondonienses fizeram a Conexão Mundo para o Estado do Colorado e a partir disso houve o interesse em firmar novos intercâmbios com Rondônia.

Governador em audiência com presidente da CNI

Governador em audiência com presidente da CNI

Para o próximo ano, o governador disse que pretende ampliar o programa visando atender mais escolas. Os estudantes da Escola Anísio Teixeira, de Porto Velho, junto com alunos do Senai já participaram do programa. “No próximo ano quero levar também estudantes de Jacy-Paraná e de Pimenta Bueno. A Escola Anísio Teixeira será mantida, e assim nós vamos incorporando ano a ano as escolas integrais. Isso dará um choque de interesses muito grande nos alunos em fazer um intercâmbio”, explicou.

Atualmente, há uma turma de alunos da Escola Anísio Teixeira nos Estados Unidos participando do Conexão Mundo.

Dentro do programa, os estudantes passam duas semanas em atividades lúdicas nos EUA. De acordo com o governador, esse intercâmbio é permanente porque os alunos vêm também com uma missão de preceptores americanos que estabelecem uma relação próxima com os estudantes. O professor norte-americano passa a interagir online com esses estudantes em inglês, por meio de um grupo criado especificamente para esse propósito dentro do Facebook.

Confúcio Moura enfatizou que os melhores alunos de cada escola serão os escolhidos e que isso estimula os alunos a estudarem mais, e a ter melhor desempenho escolar. “Nossa proposta é ampliar o programa a cada ano para atender cada vez mais o número de estudantes”, finalizou.

Participaram também da audiência a superintendente da Sibra, Elizete Lionel, o diretor geral do Senai, Rafael Lucchesi e o gerente executivo do Sistema Indústria, Frederico Lamego.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Zózimo Macêdo
Fotos: Zózimo Macêdo
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Governo, Rondônia


Compartilhe