Governo de Rondônia
Domingo, 17 de janeiro de 2021

RETROSPECTIVA

Governo de Rondônia reforça ações para o fortalecimento das agroindústrias familiares no Estado

16 de dezembro de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

agroindústria -feira

Rondônia possui 508 agroindústrias familiares com destaque para derivados lácteos e polpas de frutas


O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) desenvolveu diversas ações em prol de fortalecer e valorizar as agroindústrias do Estado no ano de 2020. Mesmo com a pandemia da Covid-19, a Seagri conseguiu elaborar e entregar 10 certificados do Programa de Verticalização da Produção Agropecuária da Agricultura Familiar do Estado de Rondônia (Prove-RO) para proprietários de agroindústrias, com o objetivo de fomentar o acesso ao mercado consumidor dos produtos oriundos das agroindústrias que possuem o selo “Prove-RO”.

O programa Prove-RO é executado pela Gerência de Agroindústria sob a Coordenação da Agricultura Familiar e visa estimular a geração de emprego e renda, bem como o aquecimento da economia local, além disso, possibilita e regulamenta a instalação de Unidade Familiar de Processamento Agroindustrial (UFPA) e Agroindústria Familiar de Processamento Artesanal (AFPA) nas propriedades rurais familiares.

“O Prove tem como objetivo promover a adequação de estabelecimentos rurais, chacareiros, que atuam ou tem a intenção de atuar com o mínimo de processamento da produção, visando a regularização junto aos órgãos competentes. Também possibilita por meio de convênios, acordos de cooperação, a disponibilização de equipamentos e recursos às entidades civis organizadas do setor rural, além de fomentar o acesso ao mercado consumidor. São muitos benefícios que o proprietário ganhará com o selo do Prove”, informou a gerente de Agroindústria, Larissa Carvalho.

Dona Ângela Tomazetti recebeu o certificado do Prove em novembro deste ano

Para divulgação do Programa, bem como sua legislação, a Seagri produziu o manual operacional com a impressão de dois mil exemplares para serem distribuídos aos agricultores familiares. “A ideia surgiu para divulgar e informar o produtor de como ele pode participar do Prove-RO e quais são os benefícios que ele terá. O Programa serve tanto para o produtor que está começando quanto aquele que está executando seu projeto. O Governo vem fortalecendo a verticalização da produção da agricultura familiar no Estado”, explicou o secretário da Seagri, Evandro Padovani. 

“Decidi trabalhar com produção de polpas em 2014, há cinco anos estou nesta atividade. Todas as polpas são da minha propriedade. Agora, com este certificado, vou poder crescer muito mais. Estou muito feliz com esta conquista”, disse dona Ângela Tomazetti, proprietária de uma agroindústria de polpas no município de Nova União, sobre o recebimento do certificado Prove-RO.

Nos meses de janeiro e fevereiro, a Secretaria organizou a exposição “Feira do Palácio”, onde reuniu agroindústrias e artesanatos nas dependências do Palácio Rio Madeira, em Porto Velho, com o intuito de fomentar a comercialização e divulgação dos produtos regionais, que contou com a presença de 40 expositores, o qual gerou um valor de comercialização de R$ 85.871,47 mil O objetivo é que a exposição aconteça mensalmente, porém, devido à pandemia da Covid-19, a exposição das feiras está suspensa.

Produção de derivados lácteos e polpas de frutas são destaques nas agroindústrias

Outra ação realizada foi a assinatura de 14 convênios com as prefeituras municipais no valor de R$ 101.947 mil para a entrega de equipamentos de agroindústria com objetivo de fortalecer a agricultura familiar no processamento da produção; ainda, foi homologada a ata de registro de preço para 10 kits de beneficiamento de castanha-do-Brasil, com a finalidade de melhorar a qualidade, ampliar e estruturar a cadeia produtiva deste fruto, visando sua consolidação no Estado de Rondônia, no valor de R$ 2.106.666,70 milhões.

Foram desenvolvidos cinquenta e sete projetos arquitetônicos e adequações prediais com o objetivo de implantação e adequação das estruturas físicas das agroindústrias familiares para processamentos de seus produtos.

Para o ano de 2021, Larissa Carvalho ressaltou que a Seagri continuará desenvolvendo ações para fortalecer ainda mais as agroindústrias de Rondônia. “Continuaremos acompanhando as agroindústrias com assistência técnica para implantação e regulamentação dos empreendimentos, como a “Feira do Palácio” que retomará, além de adquirir novos equipamentos e divulgar o Prove-RO através de encontros técnicos regionalizados”, contou.

Atualmente, Rondônia possui 508 agroindústrias familiares com destaque para derivados lácteos e polpas de frutas, e ainda, vale ressaltar que há um crescimento considerável na produção de farinha e café.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Sara Cicera
Fotos: Daiane Mendonça, Paulo Figueiredo, João Cinta Larga, Frank Néri
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Convênios, Governo, Rondônia


Compartilhe