Governo de Rondônia
Quinta, 16 de setembro de 2021

MORADIA

Governo de Rondônia sorteia mais 3.046 unidades em seis empreendimentos habitacionais

30 de julho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Sentado numa das primeiras fileiras de cadeiras do auditório da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), o pintor de carros José Rocha de Oliveira, 38 anos, pai de três filhos, aguarda com expectativa o sorteio de 3.046 apartamentos construídos pelos governos federal e estadual em terrenos cedidos pela Prefeitura Municipal de Porto Velho no Bairro Socialista, na zona leste da capital de Rondônia. “Estou com fé que a minha vez está chegando”, ele disse.

José acidentou-se com moto no dia 11 de agosto de 2013, perdeu a mobilidade e não teve mais condições de trabalhar. Ele e a família passaram a morar com a avó, no Bairro JK. “Participei pela primeira vez de um sorteio na [casa de espetáculos] Talismã”, contou.

Sorteio foi realizado em Porto Velho

Sorteio foi realizado em Porto Velho

Com 9,7 mil concorrentes, o sorteio foi aberto na manhã desta quinta-feira (30) pela secretária estadual de Assistência Social, Valdenice Domingos, e vai durar até amanhã. Dele participam representantes de movimentos populares, religiosos e de representantes das famílias inscritas. As unidades habitacionais distribuem-se pelos residenciais Porto Madeira I e II, Porto Belo I a IV e 1.350 candidatos complementarão o Residencial Orgulho do Madeira, no Bairro Mariana.

Valdenice destacou a parceria tripartite para a construção  dos conjuntos, enfatizando o ritmo de obras e a meta governamental de entregar 20 mil unidades em todo o estado. Segundo ela, o sorteio se dá com a devida transparência e o cadastro das famílias  enquadrará quem está apto a ocupar o imóvel e tenha sido inscrito em outras oportunidades.

“Hoje vencemos mais uma etapa na luta contra o déficit habitacional em Porto Velho, aonde ainda temos mais de 12 mil pessoas vivendo em condições insalubres”, assinalou a secretária municipal de Regularização Fundiária e Habitação, Márcia Cristina Luna.

Márcia Luna informou que o trabalho social de organização durará pelo menos um ano após a entrega dos imóveis. “É o tempo necessário e ideal para que as famílias consolidem o deslocamento desde suas antigas moradias”.

A Seas reserva cota de 92 unidades destinadas a pessoas idosas ou com deficiências físicas. Amparados pelo direito à hierarquização, idosos não precisam participar do sorteio, porque se enquadram no maior grupo de critérios exigidos.

Diretamente, 96 pessoas estão homologadas no grupo 1, que perfaz 75% das unidades, totalizando 2.147 apartamentos. Outras 715 unidades pertencem aos concorrentes do grupo 2, somando 25% do total. Serão sorteados 914 suplentes.

“Espero participar de outros momentos iguais a este”, disse na abertura do sorteio o superintendente de negócios do Banco do Brasil em Rondônia, Alan Cláudio Souza da Silva.

Segundo ele, no Programa Minha Casa Minha Vida, cuja terceira etapa vem sendo aguardada no estado, o BB financia mais de 9 mil unidades na capital e 1.450 em Ji-Paraná. Esses imóveis serão entregues até 2016.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Montezuma Cruz
Fotos: Irene Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Água, Assistência Social, Capacitação, Convênios, Distritos, Economia, Governo, Habitação, Inclusão Social, Infraestrutura, Obras, Rondônia, Saneamento, Saúde, Segurança, Serviço, Servidores, Sociedade, Solidariedade, Trânsito, Transporte


Compartilhe