Governo de Rondônia
Quinta, 18 de julho de 2019

PARCERIA

Governo do Estado pretende estreitar laços com Fiocruz Rondônia

19 de junho de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

O governador demonstrou interesse em acompanhar de perto os trabalhos realizados pela Fiocruz/RO

A Construção de blocos de laboratórios que fazem parte da nova sede da Fundação Oswaldo Cruz Rondônia (Fiocruz/RO), com apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e com a contrapartida do governo do Estado, foi amplamente discutida na manhã de quarta-feira (19), em reunião que contou com a presença do governador Coronel Marcos Rocha, coordenador da Fiocruz/RO, Jansen Medeiros, da adjunta da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Katiane Maia, e da coordenadora de ensino, formação e comunicação da Fiocruz, Deuzilene Vieira.

A nova sede está sendo construída na BR 364, quilômetro 5,5, ao lado da Embrapa na capital.

Na reunião, o coordenador da Fiocruz falou também sobre estabelecer parceria entre o Governo de Rondônia e a Fiocruz para o desenvolvimento de iniciativas na área de saúde, por meio de um Protocolo de Intenções. “O objetivo central desse protocolo é instituir uma cooperação acadêmica e técnico-científica entre os partícipes, com vistas ao desenvolvimento de atividades, ações, programas e projetos, nos campos da pesquisa, extensão, assistência e ensino visando a promoção da saúde no âmbito estadual”, ponderou Jansen Medeiros.

O protocolo de intenções será enviado à Procuradoria Geral do Estado (PGE), após análise, deverá ser celebrado entre as partes.

Outro assunto que entrou em pauta foi a reativação do projeto Prevalência das hepatites virais, B, C e Delta, Sífilis e HIV na população do sistema prisional do estado.  De acordo com dados da Fiocruz, no período de novembro de 2016 a dezembro de 2018, foi detectada a incidência dessas doenças em 1.048 detentos do regime fechado.

O governador demonstrou interesse em acompanhar de perto os trabalhos realizados no laboratório da Fiocruz/RO e ficou de agendar uma visita, inclusive à sede da Fiocruz no Rio de Janeiro. “O que o governo puder apoiar a Fiocruz, vai apoiar. Pelo menos nesses quatro anos de governo teremos uma maior aproximação. As pesquisas realizadas na Fiocruz têm sido de maior importância para o combate à doenças. Fui eleito, mas continuo sendo acessível, e querendo fazer o melhor pelo nosso estado”, destacou Marcos Rocha.

 


Fonte
Texto: Rejane Júlia
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Saúde, Serviço, Servidores, Sociedade, Tecnologia


Compartilhe