Governo de Rondônia
Domingo, 28 de fevereiro de 2021

Governo e prefeitura firmam parceria para cadastrar os desalojados em Porto Velho

05 de maio de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

IMG_3301Na manhã da última quarta-feira, 30, o secretário de Assistência Social de Rondônia, Márcio Felix esteve reunido com o secretário municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur) , Cristian Camurça e com a secretária adjunta municipal de Assistência Social (Semas), Arthelúcia Amorim, para alinhar a parceria do Governo do Estado com o Prefeitura de Porto Velho, na realização dos cadastros dos desalojados pela cheia do Rio Madeira.

“Realizamos com sucesso o cadastro dos desabrigados e na semana passada concluímos a inserção de 350 famílias desabrigadas no Sistema Morada Nova. Agora estamos firmando parceria com a prefeitura para atender os desalojados”, explica Márcio Felix.

A diferença do desabrigado para o desalojado é uma definição da Secretaria Nacional de Defesa Civil, que está na lei. O desabrigado é aquele que teve a casa inundada e  e está num abrigo público. O desalojado é o que, devido a inundação, saiu de casa e está alojado em casa de parentes, pagando aluguel ou outra situação que não esteja em um abrigo público.

De acordo com a secretária adjunta da Semas, Arthelúcia Amorim,  a prefeitura já tem dados que apontam a existência de 6 mil famílias desalojadas na capital. ” Vamos repassar esses dados ao Governo do Estado, para a inclusão das famílias desalojadas no Sistema Morada Nova”, afirmou.

“A inserção dos cadastros no sistema será realizada por servidores do município que serão devidamente capacitados para operar o Sistema Morada Nova, sob a coordenação da Seas”, frisou Márcio Felix.

“A Semur irá disponibilizar o espaço físico da secretaria, bem como os servidores para a realização cadastramento”, explica o secretário municipal de Regularização Fundiária e Habitação, Cristian Camurça.

A Seas se comprometeu ainda, de ceder dez computadores, além  de impressoras para serem instalados na sede da Semur, onde serão realizados os cadastros. O secretário Márcio Felix, informa ainda, que após  a inserção dos desalojados no sistema será feita a análise dos cadastros para verificar quais as famílias que se enquadram nos requisitos dos programas habitacionais, Minha Casa Minha Vida e Morada Nova.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Luana Lopes
Fotos: Luana Lopes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Governo, Habitação, Inclusão Social, Infraestrutura, Rondônia


Compartilhe