Governo de Rondônia
Sexta, 14 de maio de 2021

Idaron

Governo está cada vez mais otimista com o rebanho bovino

10 de novembro de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

 

O rebanho bovino rondoniense cresceu 0,2% em 12 meses, algo em torno 200 mil cabeças, revela o levantamento feito pelo presidente da Agência Idaron, Marcelo Borges. Segundo ele, 12 milhões 278 mil cabeças de animais foram imunizadas contra a febre aftosa.

Presidente do Idaron, Marcelo Borges

Presidente do Idaron, Marcelo Borges

“Parece pouco, mas não é”, assinala Borges. Ele se baseia no cômputo entre a primeira vacinação em 2012 e última etapa em 2013.  Ele prevê melhoria nesses números, a partir da totalização dos levantamentos feitos durante a última fase de vacinação em 2014, que se encerra no próximo dia 15.

O presidente do Idaron mencionou esses números durante o programa “Campo e Lavoura”, na Rádio Globo AM, apresentado pelo jornalista José Luiz Alves.

rebanho

Para Borges, a transparência do serviço sanitário e da sanidade do rebanho criado solto, o chamado “boi verde” impressiona as missões estrangeiras que visitaram o Estado de Rondônia, a fim de adquirir a carne aqui produzida aqui. “Não devemos nos admirar se as exportações de carne dobrar nos próximos anos”.

De acordo com Borges, a orientação do governador Confúcio Moura infunde otimismo no setor. “Ele nos orienta dentro de uma linha segundo a qual, tudo o que for bom para Rondônia nós devemos fazer, ou seja, fazer a nossa parte e algo mais”.

“O modelo para manter o rebanho bovino estadual longe da febre aftosa, possibilita uma série de outros negócios que impulsionam o progresso, o desenvolvimento econômico e social”, acentuou.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Decom
Fotos: Arquivo
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agropecuária, Governo


Compartilhe