Governo de Rondônia
Sexta, 14 de maio de 2021

Educação

Governo estadual climatiza escolas do Cone Sul

02 de julho de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

O governo estadual, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), entregou mais 40 centrais de ar-condicionado à escolas da região Sul de Rondônia na manhã desta quarta-feira, 2, dentro da proposta de climatização de salas de aulas de todas as escolas estaduais. A solenidade ocorreu na escola Machado de Assis e foi prestigiada por diretores, professores, pais e alunos dos colégios contemplados de Vilhena, Cabixi, Cerejeiras e Corumbiara.

Matriculada no 8° ano Luana Cabral, 14, estuda na escola Machado de Assis em Vilhena desde a alfabetização e diz que o ambiente climatizado vai remetê-la à igreja que frequenta. “Minha convivência em local refrigeradoé só mesmo na igreja”, disse Cabral, que anseia experimentar esse progresso na escola.

2 - edirlene

Edirlene elogia conforto que os alunos vão ter

A dona de casa Edirlene Palmeira Gomes prestigiou a solenidade na escola em que a filha Brenda Vitória Gomes de 6 anos está matriculada no 1° ano do ensino fundamental no Machado de Assis. “Eu nunca estudei em sala com ar-condicionado e matriculei a menina aqui porque quero esse conforto que não tive”, falou a dona de casa, com expectativa de até voltar aos bancos escolares por conta do benefício.

Kennio Freire é o gerente do escritório da Emater em Vilhena e foi conferir de perto a entrega das centrais de ar condicionado e assegura que vai proporcionar o melhor para os três filhos. “No meu tempo de estudante era ventilador e olha lá. Refrigerada, a sala oportuniza melhor aprendizado e é isso que espero para as minhas crianças: escola climatizada”, avaliaKennio, acrescentando que as crianças ainda não estão na idade escolar.

Professores opinam

Angela Torres diz que será fantástico

Angela Torres diz que será fantástica a climatização

A pedagoga Angela Maria Torres Santos comanda sala de aula há 22 anos e nunca lecionou em ambiente refrigerado. “Ah, vai ser um experimento novo, fantástico, pois passamos a maior parte do nosso tempo dentro da escola”, resumiu a professora do ensino fundamental, animada com o cuidado do governo do estado com a educação pública.

Ortiz

Ortiz: “o ar condicionado favorece a saúde do professor”

Gilson Ortiz é o titular da disciplina de Biologia no ensino médio no Machado de Assis há 23 anos em sala de aula no serviço público.  “O ar-condicionado acalma, facilita o domínio de classe devido ao silêncio e favorece a saúde do professor, pois os ruídos dos ventiladores provocam prejuízos na voz de qualquer educador”, declarou o professor, comparando como “gritante” a diferença em lecionar sob o ventilador ao ar-condicionado.

Paulo Alves de Freitas

Paulo Alves de Freitas

Acostumado a temperaturas baixas nos Estados Unidos, onde morou por 23 anos, o professor de língua inglesa Paulo Alves de Freitas leciona há dois anos ministrando aulas no colégio Machado de Assis. “O calor é sufocante e os alunos competem com os ventiladores no quesito barulho. Climatizada a sala vai beneficiar aluno e professor em todos os sentidos”, disse Paulo Freitas.

Em número de alunos, o colégio Machado de Assis é o quinto maior em Vilhena com 915 estudantes matriculados nos ensinos Fundamental e Médio nos três turnos. A escola recebeu mais 5 centrais de ar de 24 mil BTU cada e vai totalizar 100% de salas refrigeradas. Para o diretor Ronildo do Nascimento a totalização de refrigeração “é um sonho antigo da escola”.

“Vai melhorar muito o ensino e a aprendizagem. Agora chega de desculpa de que o barulho do ventilador e a inquietação dos estudantes prejudicam o ensinamento”, posicionou o diretor Ronildo.

O governador do Estado, Confúcio Moura, disse na solenidade que esta climatização é essencial e vai ocorrer em todas as 419 escolas públicas estaduais. “Os professores e os meninos rondonienses precisam deste conforto para melhorar o rendimento na escola se tornando cidadãos de bem”, destacou o governador de Rondônia, que considera a educação pública como sendo essencial no serviço público.

Já o secretário Emerson Castro, da Seduc, não poupou elogios à gestão governamental quando o assunto é educação. Segundo ele, o chefe do executivo estadual trabalha em prol dos educadores e da coletividade estudantil.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Marcos Freire
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Evento, Governo, Rondônia


Compartilhe