LICITAÇÃO

Governo realiza pregão eletrônico para capacitação de monitores de trilhas nos parques e unidades de conservação de Rondônia

26 de março de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

Com a proposta de contratar uma empresa ou instituição especializada para capacitação de 60 profissionais para formação de monitores de trilhas, o governo de Rondônia abrirá nesta terça-feira (27) o Pregão Eletrônico 23/2018, a partir das 8h (horário local), no endereço eletrônico: www.comprasnet.gov.br. Trilhas são caminhos dentro da área de preservação permanente (APP) que permitem a interação com esse ecossistema, além de estimular o público a refletir sobre a importância da conservação ambiental. Nelas o público, através de “caminhamento”, contemplará as espécies nativas que compõem a APP e entenderá qual a função dessas áreas para o equilíbrio da produção no cenário rural.

De acordo com o superintendente estadual de Licitações, Márcio Rogério, trata-se de um processo licitatório bastante importante, não pelo volume de investimento, que é de R$ 134,4 mil, mas pelo objetivo, que é capacitar pessoas para a proteção do meio ambiente.

Os interessados em consultar o edital podem acessá-lo no Comprasnet como também no site da Supel e na sua sede, no edifício Pacaás Novo, no Palácio Rio Madeira, das 7h30 às 13h30. Informações também podem ser obtidas pelo telefone (69) 3212 9267.

Márcio Gabriel explicou que o pregão atende à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) que pretende contratar empresa especializada para capacitar os moradores do entorno das reservas extrativas e áreas de afluência dos parques estaduais, bem como, policiais ambientais e servidores do estado e das Secretarias Municipais de Meio Ambiente e de Turismo, que atuam nas unidades de conservação em Nova Mamoré, Costa Marques e Cerejeiras.

Pelo edital publicado no Diário Oficial do Estado, do dia 8 deste mês, a capacitação será promovida para três turmas de 20 alunos cada, com carga horária de 80h/aula. “O conteúdo programático é muito interessante”, disse Márcio Gabriel, citando que os participantes terão aula sobre ecologia, noções de turismo, interpretação ambiental e cultural de trilhas, cartografia, primeiros-socorros e resgate, conhecimento sobre fenômenos climáticos e meteorológicos, processos biológicos e ecológicos, entre outros fundamentais para o trabalho de preservação que o governo pretende desenvolver no estado com vistas ao desenvolvimento econômico e social sustentável.

Ainda com relação ao pregão, o titular da Supel informou que poderá ser encerrada no mesmo dia, caso não haja recursos administrativos garantidos por lei. “Se houver recurso, será concluído em dez dias. Mas se não, a empresa vencedora é habilitada, observando-se se atende aos requisitos técnicos e científicos propostos”, adiantou.

Leia Mais:

Parque Estadual Guajará-Mirim deve ser aberto para visitação pública a partir de 2018; trilhas verdes e cachoeiras são atrativos

Decreto governamental regulamenta visitas aos parques estaduais de Rondônia

Rondônia avança em política pública sustentável em reservas extrativistas com cessão de uso a comunidades tradicionais


Fonte
Texto: Veronilda Lima
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Capacitação, Ecologia, Edital, Governo, Legislação, Meio Ambiente, Municípios, Polícia, Rondônia, Servidores, Sociedade, Trânsito, Turismo


Compartilhe