Governo de Rondônia
Sábado, 27 de fevereiro de 2021

INTEGRAÇÃO NACIONAL

Governo reivindica participação de Rondônia em grupo de trabalho que avalia entraves ao desenvolvimento da Amazônia

28 de junho de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

O governo de Rondônia reivindicou ao ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, participação no grupo de trabalho instituído pela Portaria 181, em 15 de junho, que tem o objetivo de analisar os entraves existentes ao desenvolvimento da Amazônia.

O pedido ao ministro foi encaminhado na sexta-feira (24) pelo vice-governador, Daniel Pereira, observando que na portaria três estados da região Norte não estão contemplados, entre eles Rondônia.

“Rondônia é o terceiro maior estado em potencial econômico da região. É digna de participar e colaborar com as atividades do referido grupo de trabalho”, disse o vice-governador, que no ofício encaminhado faz a indicação de representantes das federações mais expressivas do estado para compor o grupo, que tem 14 membros.

A responsabilidade com que são tratadas as contas públicas pelo governo de Rondônia, que “mesmo diante da crise econômica segue honrando compromissos com a União, com os municípios, com os servidores e fornecedores”, é enfatizada pelo vice-governador como um pressuposto que projeta o estado para um cenário promissor quanto ao desenvolvimento regional, qualificando-o para desenvolver políticas econômicas sustentáveis nos próximos anos.

Daniel Pereira indicou para a composição do grupo de trabalho, constituído por representantes de entidades não governamentais do setor produtivo, inclusive dos Estados de Mato Grosso e Maranhão, os presidentes da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Rondônia (Faperon), Hélio Dias de Souza; da Federação das Industrias do Estado de Rondônia (Fiero), Marcelo Thomé da Silva de Almeida; e da Federação do Comércio do Estado de Rondônia (Fecomércio), Raniery Araújo Coelho.

O prazo de apresentação do relatório de avaliação dos problemas amazônicos  é de 30 dias, e as atividades exercidas pelos membros do grupo não são remuneradas.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Mara Paraguassu
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Água, Ecologia, Economia, Justiça, Meio Ambiente, Rondônia


Compartilhe