Governo de Rondônia
Quarta, 12 de dezembro de 2018

PREGÃO

Governo vai comprar café robusta produzido em Rondônia; licitação será realizada no dia 5 de dezembro

23 de novembro de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

Rondônia é o segundo maior produtor de café robusta do país

Produtores de café robusta que atuam no estado de Rondônia podem participar de licitação para fornecimento de grãos para atender as necessidade do Governo de Rondônia. As regras da licitação estão disponíveis no Pregão 515/2018 e o certame será realizado no dia 05 de dezembro, às 11h, considerando o horário de Brasília.

Podem participar da licitação, pequenas indústrias sediadas em Rondônia e fornecedores do produto cuja cadeia produtiva de café esteja compreendida no Estado. “O café precisa ser plantado, colhido e processado em Rondônia”, detalha Márcio Rogério Gabriel, superintendente estadual de compras e licitações (Supel).

A contratação para fornecimento será anual e corresponde a 25% do consumo da administração estadual, a entrega dos grãos será feita a cada três meses, para que os produtores tenham tempo hábil para organizar os lotes. A compra será de 11.716 quilos, preço estimado de R$ 207 mil.

Márcio Rogério explicou que a licitação é uma forma de valorizar a cadeia produtiva de Rondônia e contemplar as microempresas e empresas de pequeno porte sediadas no Estado. “A qualidade do café de Rondônia é destaque nacional, somado a isso, as empresas buscam atender qualidade em relação à embalagem e as exigências sanitárias, os produtores são organizados e a produção local está em franca evolução”, afiança.

A contratação de produtores de café do Estado vem sendo levantada em fóruns de discussões e representantes de órgãos como a Fiero e o Sebrae incentivam a participação dos fornecedores rondonienses. “A iniciativa privilegia o desenvolvimento regional e contempla o que preconiza a lei complementar 123/2006”, arremata o superintendente.

As informações do edital de licitação foram repassadas para o Tribunal de Contas do Estado (TCE), para que o órgão avalie e acompanhe o certame. “A ideia é começar com a compra de café e ampliar para outros produtos”, conclui o superintendente.

Leia também:

 Rondônia fica em 4º lugar entre os melhores cafés do Brasil


Fonte
Texto: Mineia Capistrano
Fotos: Emater
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Brasil, Edital, Governo, Rondônia


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube