Governo de Rondônia
Terça, 27 de julho de 2021

AGRONEGÓCIO

Governo vai investir mais de R$20 milhões na aquisição de equipamentos agrícolas

13 de maio de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

A intenção é a de modernizar a estrutura de apoio ao agronegócio estadual

A intenção é a de modernizar a estrutura de apoio ao agronegócio estadual

O Governo do Estado através da Superintendência de Compras e Licitações de Rondônia (Supel/RO) visando atender a demanda necessária da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento e Regularização Fundiária (Seagri), conforme quantitativos e detalhamentos descritos em Termo de Referência, formalizou o registro de preços, para eventual e futura aquisição de máquinas, caminhões e implementos agrícolas, destinados às secretarias de agricultura municipais e associações de produtores de todo o Estado.

Com os preços registrados, o prazo para a contratação e entrega dos equipamentos reduz em até dois/terços do prazo de um processo de licitação convencional. “Tendo o preço registrado, basta emitir as ordens de fornecimento e contratos”, explica Márcio Rogério Gabriel, superintendente da Supel.

Três importantes processos estão em tramitação na Supel. O de número 072/2014, estimado em mais de R$ 13 milhões, já foi publicado. O processo 071/2014 no valor de R$ 5 milhões será publicado em breve, enquanto eu o processo 070/2014 esta em reestimativa de preços devido a um reajuste nas especificações técnicas, mas tão logo sejam finalizadas as retificações será publicado.

O objeto dos processos são tratores agrícolas, caminhões 3×4, implementos como grades niveladoras, grades aradoras, pá carregadeira, roçadeira, plantadeiras, distribuidor de calcário, motocultivador com enxada rotativa, tanques de resfriamento de leite e demais equipamentos que auxiliem no desenvolvimento do agronegócio no Estado.

“A Seagri pretende modernizar a estrutura no Estado e fazendo os registros será possível a contratação destes bens em menor prazo”, explica a adjunta Mari Braganhol. Para validar os processos são necessários três registros que formarão a base de preço, permitindo que a Seagri possa ainda atender as emendas parlamentares, encaminhadas pelos deputados federais.

Márcui diz que o registro de preços implica diretamente na redução dos custos operacionais

Márcio diz que o registro de preços implica diretamente na redução dos custos operacionais

A Supel, durante 2014, gerou mais de dez processos para aquisição dos materiais permanentes, visando atender a demanda destes convênios firmados com o Governo Federal, através de Emendas Parlamentares, o que gerou um número razoável de licitações durante o exercício financeiro e custos operacionais.

Por meio do Sistema de Registro de Preços, a administração viabiliza diversas contratações, em um único procedimento licitatório. Isso implica diretamente na redução dos custos operacionais da Administração e na redução dos custos operacionais dos sistemas de controle da administração, sem prejuízo dos ditames do ordenamento acerca das contratações públicas.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Romeu Noé
Fotos: Marcos Freire
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Governo, Infraestrutura, Rondônia, Tecnologia


Compartilhe