Governo de Rondônia
Sábado, 15 de maio de 2021

SERVIÇO

Grupamento de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros atua durante cheias em municípios de Rondônia

10 de abril de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Equipe do Grupo de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia

GOA foi fundamental no transporte de paciente durante a cheia de 2014

O Grupamento de Operações Aéreas (GOA), do Corpo de Bombeiros de Rondônia, auxiliou neste ano, assim como em 2014, municípios em situação de cheia, no transporte de alimentos e pacientes em locais isolados pelas águas dos rios Madeira, Abunã e Mamoré. O Acre também foi beneficiado com a ação do GOA, para o estado vizinho foram transportadas cerca de 150 toneladas de alimento.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Silvio Rodrigues, os municípios rondonienses atingidos neste ano pela cheia foram Pimenta Bueno, Nova Mamoré, Ji-Paraná, Campo Novo, Buritis, Cacoal, Candeias do Jamari e Nazaré, distrito de Porto Velho, no baixo Madeira. Todos eles receberam assistência da Defesa Civil Estadual, com auxílio em remoção de pessoas, transporte de alimentos e remédios, além de barracas para abrigar os desalojados.

Além disso, o governo Federal disponibilizou R$ 22 milhões para utilização na reconstrução de estradas, pontes, bueiros, a delegacia do distrito de São Carlos (Porto Velho) e a Unidade Básica de Saúde (UBS) de Cacoal. Esse recurso é específico também para os municípios de Pimenta Bueno, Costa Marques e Guajará-Mirim e é oriundo do plano de reconstrução elaborado pelo governo do estado.

OCORRÊNCIAS

Cel. BM Silvio Rodrigues

Cel. BM Silvio Rodrigues

Os grupamentos da capital e interior, além das ocorrências de incêndio, também prestam atendimento à comunidade no transporte de pacientes com ambulâncias, encaminhando-os às unidades de saúde mais próxima.

Somente este ano de 1 de janeiro a 8 de abril, em Ji-Paraná foram atendidas 1.245 ocorrências; Rolim de Moura 1.069; Porto Velho 940; Vilhena 679; Cacoal 667; Ariquemes 504; Jaru 489; Guajará-Mirim 483; Ouro Preto 464; Pimenta Bueno 369; Cerejeiras 301; Machadinho do Oeste 132; Buritis 89; Candeias 76, além de 9 voos do GOA, totalizando 7.516 atendimentos de ocorrências.

Este número elevado de atendimentos, demonstram a importância dos grupamentos e a necessidade constante, segundo Rodrigues, de manter a estrutura sempre atualizada para “bem servir e salvar vidas”.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Geovani Berno
Fotos: Esio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Segurança, Serviço, Sociedade, Solidariedade


Compartilhe