Governo de Rondônia
Segunda, 18 de novembro de 2019

ROTAS TURÍSTICAS

Guajará e Porto Velho estão no programa Investe Turismo do Ministério do Turismo

30 de maio de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Porto Velho e Guajará Mirim fazem parte dos municípios selecionados a serem beneficiados pelo Programa

Lançamento do Programa Investe Turismo em Brasília

Um grupo composto por 158 municípios brasileiros será o primeiro contemplado com um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhoria de serviços voltados para o setor de Turismo por meio do programa Investe Turismo, entre eles Guajará-Mirim e Porto Velho.

A iniciativa, desenvolvida conjuntamente pelo Ministério do Turismo, o Sebrae e a Embratur, tem por meta unir setor público e iniciativa privada para preparar e promover a competitividade de 30 rotas turísticas estratégicas em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. O investimento inicial será de R$ 200 milhões.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o Investe Turismo muda a lógica de atuação no setor. “Se sozinhos temos um orçamento enxuto, quando unimos forças temos um mundo de oportunidades. Vamos provocar uma transformação na gestão do turismo nessas rotas estratégicas, ampliando o fluxo de turistas nesses destinos e a geração de negócios, empregos e renda por meio do turismo”, ressalta o ministro.

As rotas turísticas selecionadas receberão um pacote de ações organizadas em quatro linhas de trabalho que vão desde o fortalecimento da governança, por meio de uma agenda estratégica entre setor público e privado; a melhoria dos serviços e atrativos turísticos, com foco especial nas micro e pequenas empresas; marketing e apoio à comercialização, por meio de campanhas, produção de inteligência mercadológica e participação em eventos estratégicos; e a atração de investimentos e o apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento.

Além disso, o programa também possibilitará a entrega de um Plano Integrado de Posicionamento de Imagem do Brasil, um Plano Nacional de Atração de Investimentos e a implantação de um Mapa do Turismo Inteligente. Prevista no Plano Nacional de Turismo 2018/2022, a primeira ação tem como foco identificar e definir um novo posicionamento do Brasil como destino turístico. Por meio de uma plataforma online, o mapa vai identificar e georreferenciar iniciativas inovadoras de empresas, instituições e órgãos públicos do setor de turismo nas 27 UFs.

Porto Velho e Guajará Mirim

Dezoito municípios do Norte do país serão contemplados pelo programa Investe Turismo. EM Rondônia os selecionados foram os municípios de Porto Velho e Guajará Mirim.

A iniciativa vai levar um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhoria de serviços voltados para 12 regiões turísticas dos sete estados nortistas.

POLOS

Regiões como o Polo Amazônico (AM), Encantos do Jalapão (TO), Marajó e Alter do Chão (PA), Savana Amazônica e Extremo Norte (RR) e Gaujará-Mirim (RO) serão beneficiados pelos investimentos, que serão de R$ 200 milhões para todo o país. A ideia é que os projetos a serem implementados aumentem a qualidade da oferta turística das rotas selecionadas na região Norte.

 

O Norte do Brasil tem destinos que oferecem natureza exuberante, aventura em plena selva amazônica, cultura e gastronomia com sotaque e ingredientes indígenas, uma singularidade que precisa ganhar o mundo. É hora de converter nosso potencial turístico em negócios, empregos e renda”, destaca o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

 

O diretor-presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, o programa é uma excelente oportunidade para fortalecer o produto turístico Amazônia. “O Norte é a tradução de uma região singular no mundo pela sua cultura e a riqueza que a floresta representa. O turismo é um dos segmentos da economia que tem na sustentabilidade um dos seus principais ativos e a Região Norte é o ícone desse valor. Este é um relevante diferencial para o mercado”, ressalta.

Leia mais sobre o turismo em Rondônia


Fonte
Texto: Silvio M. Santos
Fotos: Roberto Castro e Arquivo Secom
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Turismo


Compartilhe