Governo de Rondônia
Sábado, 06 de março de 2021

SAÚDE PÚBLICA

Hospital Regional de Cacoal se consolida como referência no interior do estado ao realizar mais de 11 mil consultas em quatro meses

31 de maio de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Durante solenidade de implantação de novos serviços de saúde para o Complexo Hospitalar Regional de Cacoal, o secretário de estado da Saúde, Williames Pimentel, enfatizou, principalmente, a importância do HRC para a saúde de Rondônia.

Hospital Regional de Cacoal oferece consultas médicas em 31 especialidades diferentes

Hospital Regional de Cacoal oferece consultas médicas em 31 especialidades diferentes

De acordo com Pimentel, além de oferecer atendimento e serviços de qualidade à população de Rondônia, o HRC diminuiu o fluxo de pacientes transportados do interior para Porto Velho. “O Hospital Regional de Cacoal possibilitou que melhorássemos a saúde também em Porto Velho com a diminuição do fluxo de pacientes que iam até a capital em busca de atendimento. Para muitas cidades do interior de Rondônia, o HRC é o novo ponto de referência em saúde, o que desafogou os hospitais em Porto Velho”, disse.

Números levantados pelo setor de estatística do Hospital Regional de Cacoal comprovam essa realidade. Nos primeiros meses de 2016, por exemplo, foram realizadas, no HRC, 11.661 consultas médicas, em 31 especialidades diferentes. As principais foram 2.930 consultas em ortopedia, 1.285 em neurologia, 735 consultas em cardiologia, 507 na especialidade de buco-maxilo facial, 500 na área de pediatria, 464 em ginecologia e 489 em otorrinolaringologista, além das outras especialidades.

Além disso, nesses quatro meses, foram realizadas 1.327 cirurgias, das quais 287 de pequeno porte, 726 de média complexidade e 314 de grande porte. A ortopedia lidera o ranking com mais de 650 cirurgias realizadas. Foram 128 cirurgias em janeiro, 179 em fevereiro, 196 cirurgias em março e 163 em abril.

Entre as 1.327 cirurgias realizadas no HRC, 371 foram em pacientes de Cacoal, 158 de pacientes de Rolim de Moura, 100 de Ji-Paraná, 81 de Pimenta Bueno e 73 de Espigão d’Oeste. Além disso, pacientes de outros 36 municípios passaram por cirurgia na unidade médica.

Outro dado que mostra a importância do HRC para a saúde no interior de Rondônia é o número de pacientes que foram internados neste período. Ao todo, 2009 pessoas passaram por internação, sendo 455 em janeiro, 496 em fevereiro, 539 em março e 519 em abril. Desse total, 270 ficaram internados na Unidade de Terapia Intensiva, 30 desses crianças, na faixa etária de 28 dias de vida até 14 anos.

Leia mais:

Governo economiza R$ 150 mil mensais adquirindo equipamentos para o Complexo Hospitalar Regional de Cacoal


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Giliane Perin
Fotos: Giliane Perin
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Saúde, Serviço, Servidores, Sociedade


Compartilhe