Governo de Rondônia
Terça, 13 de abril de 2021

Idaron alerta para fim do prazo para declarar vacinação

20 de novembro de 2013 | Governo do Estado de Rondônia

A Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) alerta aos criadores de bovinos e bubalinos para o fim do prazo para declarar a vacinação contra febre aftosa. O prazo se encerrará na próxima sexta-feira (22) e a declaração pode ser feita em todas as unidades da Idaron.

 

Após o fim do período para declaração, a Idaron visitará os produtores que não declararam a vacinação. Se o produtor vacinou mas não declarou ele será notificado para comparecer à Agência e efetuar a declaração, além de receber uma multa de R$ 125,72. Se por acaso ele não vacinou o rebanho, ele terá que realizar a vacinação com a presença de um técnico da Idaron e será multado em R$ 125,72 por animal não imunizado.

 

Até segunda-feira (18) foram declarados mais de 80% do rebanho de bovídeos. De acordo com o gerente de Defesa Animal, Fabiano Alexandre dos Santos, a 35ª Etapa de Vacinação está ocorrendo dentro do previsto. “O produtor tem comparecido, atendendo mais uma vez o chamado da Idaron”.

 

No momento da declaração, a Idaron também está atualizando os dados cadastrais dos produtores rurais. O gerente explica que estas informações são utilizadas para a adoção de políticas públicas em prol do produtor rural.

 

“O produtor rural de Rondônia é consciente da importância de manter o Estado livre de febre aftosa. Tenho certeza que esta será mais uma campanha de vacinação vitoriosa”, fala o presidente da Idaron, Marcelo Henrique Borges.

 

Rondônia possui o sétimo maior rebanho bovino do país, sendo reconhecido internacionalmente como área livre de febre aftosa com vacinação desde 2003.

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agropecuária


Compartilhe