Governo de Rondônia
Domingo, 13 de junho de 2021

ACORDO BINACIONAL

Idaron divulga dados parciais da vacinação contra febre aftosa na Bolívia; país é área livre da doença desde 2014

14 de julho de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

De acordo com informações da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), mais de 14 mil animais (bovinos e búfalos) foram vacinados contra febre aftosa na Bolívia durante o 33º Ciclo de Vacinação, iniciado em junho. A Idaron vem apoiando na realização da imunização no país vizinho há cerca de dez anos.

Neste ciclo foram atendidos 255 produtores rurais em 143 propriedades bolivianas localizadas até 25 quilômetros para dentro do país. Essa ação se estendeu por toda a faixa de fronteira (mais de 1.400 quilômetros). A Bolívia é uma área livre de febre aftosa com vacinação desde 2014.

Nas campanhas de vacinação na Bolívia, a Idaron visita todas as propriedades rurais da fronteira, sendo que a maior área atendida fica na região de Costa Marques, onde foram vacinados 8.117 bovinos e 11 búfalos, em 56 propriedades, atendendo 109 produtores.

A atividade é executada conforme acordo binacional entre o Brasil e a Bolívia e é reflexo de uma parceria com Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Servicio Nacional de Sanidad Agropecuaria e Inocuidad Alimentaria (Senasag).

“O apoio à vacinação na Bolívia é coordenado pelo Mapa e Senasag. A Idaron é a executora dessa ação”, conta o gerente de Defesa Animal, Fabiano Alexandre dos Santos.

O presidente da Idaron ressalta que esta ação cria uma barreira sanitária para o rebanho rondoniense. “Esta também é uma forma de proteger o patrimônio do pecuarista rondoniense”, fala.

Leia mais:

 Mais de 30 mil cabeças de gado são imunizadas contra febre aftosa na fronteira com a Bolívia

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Amabile Casarin
Fotos: Idaron
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agropecuária, Governo, Rondônia


Compartilhe