Governo de Rondônia
Quarta, 03 de março de 2021

CERTIFICAÇÃO

Idaron divulga relação dos aprovados no curso de Certificado Fitossanitário de Origem

12 de julho de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

A relação dos aprovados no curso para habilitação para emissão de Certificado Fitossanitário de Origem (CFO) foi divulgada no site da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) nesta segunda-feira (11). Os participantes poderão conferir no site da instituição a nota da avaliação aplicada e se foram habilitados.

Avaliação da Idaron ocorreu de 27 de junho a 1 de julho

Curso da Idaron ocorreu de 27 de junho a 1 de julho

A capacitação ocorreu entre 27 de junho e 01 de julho, no Centro de Treinamento da Emater (Centrer), com palestras, aula prática e avaliação de conhecimento. A prova foi aplicada no último dia do curso, com quarenta questões. Todas formuladas pelos palestrantes de acordo com o tema que cada um ministrou.

A gerente de Defesa Vegetal da Idaron, Rachel Barbosa, conta que para ser habilitado, o participante do curso deve ter pelo menos 75% de aproveitamento na prova. Já a parte prática é um complemento, não sendo obrigatória. “Normalmente, o curso é só teórico, mas a Idaron realizou esse inovação pois acredita que a parte prática permite fixar melhor o conteúdo e torna o curso bem mais interessante”.

A engenheira agrônoma Dvany Mamedes da Silva, participante da capacitação, diz que o curso foi bem organizado e que ficou satisfeita com o nível dos palestrantes e de conhecimento. “Gostei muito do curso, principalmente porque teve a prova, que serve para peneirar quem pode e quem não pode ser habilitado”.

Rachel explica que após a correção das provas, a lista de aprovados é encaminhada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o número do registro do profissional é publicado no site do Ministério e da Idaron. “Assim, quem for contratar um engenheiro agrônomo para emitir CFO poderá verificar se ele é habilitado conforme número de cadastro junto à Idaron”.

O presidente da Idaron, Anselmo de Jesus, ressalta o crescimento da área vegetal no Estado de Rondônia. “O curso veio no momento certo e foi muito importante porque teve a participação dos principais atores do setor. Ali estavam presentes engenheiros agrônomos da Idaron, da Emater, Prefeituras Municipais, da Fetagro e da iniciativa privada”.

O curso teve a contribuição da coordenadora do Projeto Fitossanitário dos Citros da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) Suely Xavier e do fiscal agropecuário da Superintendência Federal de Agricultura do Mato Grosso (SFA/MT) Omar Roberto da Silveira, que palestraram sobre pragas dos citros e legislação federal de certificação fitossanitária, respectivamente.

Os participantes aprovados serão habilitados para emitir CFO para as pragas mosca da carambola; greening; cancro cítrico; pinta preta; moko da bananeira; sigatoka negra; ácaro vermelho das palmeiras; e, nematoides do cafeeiro.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Amabile Casarin
Fotos: Idaron
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Cursos, Evento, Rondônia


Compartilhe