Governo de Rondônia
Segunda, 17 de maio de 2021

Ulsav

Idaron: Regional de Vilhena planeja atividades em reunião com chefes de Ulsavs

17 de fevereiro de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

Os oitos chefes das unidades da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) no Cone Sul estiveram reunidos na manhã de quarta-feira(12), para analisar as atividades realizadas em 2013 e planejar ações e novas medidas para o ano de 2014.

 

Durante a reunião foi realizado balanço das atividades efetuadas pela Gerência de Inspeção e Defesa Sanitária Animal (GIDSA) e Gerência de Defesa Sanitária Vegetal (GIDSV),no ano de 2013, através da apresentação de dados disponibilizados pelas gerencias, dentre outros procedimentos técnicos e administrativos que visam orientar as atividades para o ano de 2014.

 

Outra pautaem discursão foi a identificação de um caso confirmado de Mormo em Corumbiara, bem como métodos adequados para a uniformização das atividades na Regional. “Realizamos reuniões periodicamente com os chefes de Ulsavs da Regional de forma a uniformizar as atividades das unidades”, explica a médica veterinária e supervisora da Regional Vilhena, Andreia Lindner.

 

Ficou estabelecido também que a Regional passará a produzir e distribuir com maior frequência notícias relacionadas às principais ações das Ulsavs do Cone Sul com o fim de tornar conhecidas à população todas as atribuições do órgão e seus benefícios aos produtores da região. Informações e orientações sobre recolhimento de embalagens de agrotóxicos, vacinações dos rebanhos, cadastros de propriedades rurais, entre outras serão enviadas à assessoria do órgão e também à imprensa local.

 

Com intuito de ampliar os trabalhos deeducação sanitária promovidos por cada unidade da regional. “A população em geral acredita que a Idaron tem como única atividade a vacinação de bovinos. No entanto, queremos destacar o amplo leque de setores nos quais a agência atua. Quando houver necessidade, a população e os produtores sabem a quem recorrer”, completa Andreia.

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Elaine Barbosa
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agropecuária


Compartilhe