Governo de Rondônia
Domingo, 25 de fevereiro de 2018

TECNOLOGIA

Implantação de sistema público aumentará transparência na gestão patrimonial do governo

21 de junho de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Ronaldo Sawada explica a importância do e-Estado aos gestores do patrimônio

Ronaldo Sawada explica a importância do e-Estado aos gestores do patrimônio

A utilização do sistema e-Estado passou por vários momentos desde a assinatura que cedeu sua transferência ao Governo de Rondônia, até o treinamento dos primeiros servidores estaduais para utilização do módulo patrimônio, realizado entre os dias 15 a 17, em Porto Velho. Foram inúmeras reuniões de alinhamento entre gerentes administrativos, técnicos das principais secretarias estaduais e técnicos da Diretoria da Tecnologia da Informação e Comunicação (Detic), para adaptar o sistema de software livre às prioridades do governo e chegar às condições atuais propícias à implantação.

O primeiro treinamento para a nova ferramenta de gestão teve duração de três dias, foi realizado no laboratório da Escola Estadual de Ensino Fundamental Barão dos Solimões e reuniu servidores responsáveis pelos patrimônios das secretarias e superintendências de educação (Seduc), Finanças (Sefin), segurança (Sesdec), orçamento e gestão (Sepog), previdência (Iperon) e desenvolvimento (Suder). A capacitação percorreu todas as ferramentas dos módulo de patrimônio e de materiais do sistema de software livre, e-Estado, que pode ser customizado a partir de seu código fonte, e a partir de agora passa a ser efetivamente utilizado.

Todos os procedimentos de gerenciamento patrimonial pertencentes ao executivo estadual serão administrados digitalmente, através de um sistema intuitivo e de fácil manuseio que é utilizado por inúmeros estados. Treinadas, as unidades governamentais irão levantar seus patrimônios, inserir os dados no sistema e toda a movimentação estará à disposição dos órgãos de controle, como o TCE, que terá acesso direto ao sistema.

Servidor público capacitado ao sistema gerencial de patrimônio

Servidor público durante capacitação ao sistema gerencial de patrimônio

Durante abertura do treinamento, Ronaldo Sawada, diretor Executivo da Detic, explicou a importância destes primeiros passos aos mais de 20 servidores estaduais que se tornaram replicadores do conhecimento em suas secretarias e ou superintendências de origem. “O módulo do e-estado traz segurança, efetividade e transparência aos processos de bens patrimoniais. Os processos serão digitais e cabe a nós repassar o conhecimento para que os futuros gestores e os atuais colegas tenham domínio sobre a ferramenta”, explicou o Diretor.

E-ESTADO

O projeto fundamentado na customização do software livre e-Estado tem como premissa potencializar o processamento das informações governamentais através da informatização das ações gerenciais do governo. Possibilita a organização de gastos, do orçamento, da receita tributária, do controle de medicamentos, de recursos humanos e outros serviços no mesmo aplicativo.

Com a utilização do software o Estado irá diversificar a tecnologia da gestão dos recursos públicos, a prestação de serviços à sociedade, facilitando auditoria e apresentação de contas aos órgãos de fiscalização e controle. A Detic, que é a gestora do projeto, é parte da estrutura da Superintendência de Assuntos Estratégicos (Seae).


Fonte
Texto: Detic
Fotos: Detic
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Capacitação, Comunicação Interna, Cursos, Governo, Infraestrutura, Interno, Tecnologia


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube