Governo de Rondônia
Quarta, 24 de fevereiro de 2021

FORMATURA

Instituto Abaitará forma a primeira turma do Curso Técnico de Agroecologia em Rondônia

04 de maio de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

O Instituto Estadual de Educação Rural Abaitará formou a primeira turma do Curso Técnico de Agroecologia, com 56 formandos, que agora estão aptos para o mercado de trabalho. A cerimônia de colação de grau foi realizada no sábado (30) com a presença de autoridades, professores e familiares dos formandos.

Os formandos do Curso Técnico de Agroecologia do Instituto Estadual de Educação Rural Abaitará estão aptos ao mercado de trabalho

Os formandos do Curso Técnico de Agroecologia do Instituto Estadual de Educação Rural Abaitará estão aptos ao mercado de trabalho

A secretária do Instituto Abaitará, Maurelena Reginaldo Costa, informou que os formandos possuem vasto campo de atuação no mercado de trabalho nas instituições públicas, privadas e do terceiro setor. Poderão atuar nas instituições de certificação agroecológicas, instituições de pesquisa e extensão, parques e reservas naturais para atender à demanda que existe em Rondônia.

Todos os formandos do Abaitará estão credenciados junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Rondônia (Crea) e vão responder tecnicamente por suas áreas de atuação profissional.

O Instituto Estadual de Educação Rural Abaitará foi criado através da Lei 732, de 3 de outubro de 2013. É o primeiro Instituto Estadual Rural de Rondônia, profissionalizando jovens e adolescentes. A intenção do governo do estado é qualificar profissionalmente os filhos dos produtores rurais para que permaneçam nas propriedades junto com suas famílias, evitando o êxodo rural e, ao mesmo tempo, oferecendo condições para que esses formandos coloquem em prática o aprendizado adquirido no curso em suas propriedades e melhore a renda familiar.

Maurelene Costa disse, ainda, que mais 120 alunos estão fazendo o Curso Técnico de Agroecologia, sendo duas turmas do primeiro ano, uma do segundo e outra do terceiro. “O mercado em Rondônia nesta área é carente de profissionais”, ressaltou.

Saiba mais:
Instituto Abaitará é oportunidade para ação transformadora, diz governador na entrega de novas instalações da escola
Instituto Abaitará começa 2016 com perspectiva de comercializar até dez mil frangos caipirão e semi-caipira
Crea credencia curso técnico em agroecologia do Instituto Abaitará


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Eleni Caetano
Fotos: Instituto Abaitará
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Ecologia, Educação, Governo, Meio Ambiente, Rondônia


Compartilhe