Governo de Rondônia
Sexta, 25 de junho de 2021

SANEAMENTO

Investimento de R$ 484 milhões atenderá a 43 bairros de Porto Velho com esgotamento sanitário

11 de agosto de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

O governador Confúcio Moura assinou nessa segunda-feira (10) ordem de serviço para elaboração do projeto básico e execução da obra de esgotamento sanitário do Sistema Sul de Porto Velho, que atenderá a 43 bairros da cidade. O valor contratado é de R$ 484,6 milhões, um investimento do governo Federal, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com contrapartida de R$ 24,230 milhões do Estado.

assinatura da Ordem de Serviço do Esgoto Sanitário de Porto Velho Sistema fotos de Ésio Mendes  (7)

Governador destacou o trabalho dos técnicos

O projeto e a obra serão executados pelo consórcio Gel-MCEN, composto pelas empresas Goetze Lobato Engenharia Ltda. e MC Engenharia. Ao todo, serão 50 meses de trabalho. Os primeiros 13 meses serão para elaboração do projeto básico e executivo, e a obra deve ser iniciada a partir do nono mês.  A solenidade de assinatura da ordem de serviço ocorreu na sede da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd).

Desde o primeiro mandato, Confúcio empreende em seu governo trabalho sistemático e difícil, conforme ele próprio ressaltou no evento, para que essa obra seja realizada. Paralisada no governo anterior, em outubro de 2010, o processo para manutenção dos investimentos federais e elaboração de novo contrato exigiu ação política e técnica constante.

“Este projeto andou pela Caixa Econômica Federal em Rondônia e em Brasília; e no Ministério das Cidades, por muitos anos. E até que enfim conseguimos hoje dar essa ordem de serviço. Eu agradeço à Iacira Azamor [presidente da Caerd], aos engenheiros da empresa e da Caixa, a todos os funcionários e técnicos que fizeram um trabalho difícil. Nossos engenheiros trabalharam muito para atender às demandas e exigências do governo Federal, e os jovens procuradores da Caerd fizeram todas as justificativas legais para que a ordem de serviço finalmente fosse dada,” lembrou o governador.

Confúcio Moura afirmou que seu governo nunca fez uma licitação tão grande como esta. “É a maior da história. Todo mundo tinha receio de trabalhar com muitos números, quase meio bilhão de reais. Foi um trabalho realmente difícil, e conseguimos fechar a licitação pelo RDC Integrado, uma inovação, ninguém fez no Brasil. Rondônia é o primeiro Estado que se atreve a fazer. O consorcio é responsável pelo projeto básico e execução da obra”, afirmou entusiasmado o governador, elogiando a atuação da Superintendência de Licitação (Supel).

Emocionada, a presidente da Caerd, Iacira Azamor, disse ter sido uma luta o processo de revisão da obra e adequação de toda a licitação, com “noites sem dormir, muito trabalho e dedicação”.

Segundo ela, o projeto envolve um volume de 66 mil ligações de esgoto, das quais 33 mil serão diretamente com recursos do PAC porque se tratam de moradias que precisam do apoio do governo. “Esse recurso com certeza será muito bem aproveitado, e eu agradeço ao consórcio que acreditou em Rondônia, e espero que essa parceria seja profícua e logo possamos colher os frutos da implantação do sistema de esgotamento sanitário”, disse.

Iacira Azamar disse que o processo para retomada da obra foi dificil.

Iacira Azamar disse que o processo para retomada da obra foi dificil

A deputada Marinha Raupp relembrou o período em que o governador Confúcio Moura pediu autorização para continuar a execução do contrato assinado antes de seu governo, o que foi recusado, tendo então o governo reiniciado todo o processo. “Sou testemunha do quanto foi importante manter o diálogo com o governo Federal, o quanto a posição política do governador é valorizada e se insere na missão honrosa de fazer com que nossas ações, de agentes públicos, sejam verdadeiramente positivas para a população”, pontuou.

Representando o prefeito Mauro Nazif, o vice-prefeito Dalton Di Franco disse que o esgotamento sanitário do Sistema Sul de Porto Velho é a maior obra social do governo Confúcio Moura em Porto Velho. “Isso vai implicar na redução de muitas enfermidades, em gastos que o município teria que despender no tratamento de doenças. E vejo brevemente dinheiro injetado em nossa economia, circulando na cidade. Parabenizo a todos que trabalharam para que este importante momento ocorresse”, afirmou.

BAIRROS ATENDIDOS

Os bairros a serem beneficiados são: Triângulo, Areia Branca, Novo Horizonte, Cidade Nova, Cidade do Lobo, Conceição, Caladinho, Cohab, Castanheira, Aeroclube, Eletronorte, Militar, Conjunto Residencial Cujubim, Tupi, Nova Floresta, Tucumanzal, Areal, Roque, Mato Grosso, Jatuarana, Floresta, Eldorado, Conjunto Rio de Janeiro 1, 2 e 3, Agenor de Carvalho, Conjunto Residencial Porto Seguro, Lagoa, Conjunto Residencial Vila Bella, Conjunto Jamary, Três Marias, Tiradentes, Juscelino Kubitschek, Tancredo Neves, Castanheira, Socialista, São Francisco, Cidade Jardim, Mariana, Ulisses Guimarães, Marcos Freire, Ronaldo Aragão.

Estiveram também na solenidade os deputados estaduais Cleiton Roque, Edson Martins e Airton Gurgacz; o deputado federal Lindomar Garçon e os secretários Emerson Castro (chefe da Casa Civil), George Braga (Planejamento, Orçamento e Gestão), o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem, coronel Lioberto Caetano; o coordenador da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Ivo Benitz; a vereadora Ana Maria Negreiros, entre outras autoridades e técnicos.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Mara Paraguassu
Fotos: Esio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Empresas, Evento, Infraestrutura, Obras, Saneamento, Saúde


Compartilhe