Governo de Rondônia
Sexta, 22 de setembro de 2017

CENSO

Iperon chama beneficiários nascidos em setembro para recadastramento

04 de setembro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Beneficiários do Iperon que fazem aniversário no mês de setembro e que recebem pensão ou aposentadoria mensal,  têm até o dia 30 para atualizar a situação cadastral pelo site do instituto ou no próprio Iperon, em Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal, Rolim de Moura, Vilhena e Guajará Mirim.

O Censo Cadastral Previdenciário (CCP) é de fundamental importância para o Instituto e para o próprio beneficiário, explica a chefe de equipe, Sheila Márcia Oliveira, cujo setor é responsável pelo Censo. O CCP dos segurados dos Regimes Próprios (RPPS) tem por finalidade a criação, atualização e consolidação do Banco de Dados cadastrais, visando a integração e cruzamento  destas informações  com os bancos de dados de outros regimes de previdência social, com prioridade aos sistemas gerenciados pela Secretaria Nacional da Previdência Social do Ministério da Fazenda.

 

O biólogo aposentado Duílio recadastrou-se no dia do aniversário

Como é feito online, o sistema acusa o nome do beneficiário que deixou de responder ao Censo no mês do seu aniversário, gerando bloqueio nos proventos a partir  do mês seguinte. O beneficiário impossibilitado de locomoção, residente em Porto Velho, poderá solicitar a presença de um servidor do Instituto para fazer a prova de que o mesmo está vivo e em seguida, o responsável legal procederá a regularização. Para quem esta na mesma condição e se encontra  fora da capital, a comprovação de vida deverá ser feita por funcionário de Cartório da localidade onde o beneficiário mora.

Dos beneficiários nascidos de janeiro a julho, 613 aposentados deixaram de fazer o recadastramento e 321 pensionistas  procederam da mesma forma. No total, foram 934 benefícios bloqueados, de acordo com dados averiguados junto ao setor de Cadastro no dia 31 de agosto.  O desbloqueio só é feito mediante a regularização dos dados cadastrais.

O biólogo aposentado Duílio José Fernandes, nascido em 1º de setembro de 1950, cumpriu a risca a orientação do decreto que regulamenta o Censo e foi o primeiro beneficiário de setembro a fazer o recadastramento. Hoje, aposentado por invalidez, Duílio apresenta algumas dificuldades, mas concordou plenamente com a esposa em comparecer ao Instituto em pleno dia do aniversário para fazer o recadastramento.  O biólogo Duílio foi um dos profissionais que ajudou  a implantar a Secretaria Executiva do Meio Ambiente (Seconsema),  que antecedeu a atual Sedam.  De acordo com Fátima Torres Fernandes, esposa de Duílio e que é professora aposentada,  é importante cuidar dos compromissos o quanto antes, para evitar atropelos de última hora. “Hoje eu trouxe ele, mas novembro será a minha vez”, disse, lembrando eu seu aniversário será em novembro.


Fonte
Texto: Alice Thomaz
Fotos: Iperon
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Brasil, Economia, Educação, Governo, Previdência, Rondônia, Serviço, Servidores


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube
YouTube