Governo de Rondônia
Segunda, 01 de março de 2021

SAÚDE PÚBLICA

Lactário é inaugurado no Hospital de Base para atender pacientes que exigem alimentação especial

25 de maio de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

O Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, em Porto Velho, passa a contar, a partir de desta quarta-feira (25), com estrutura física adequada para fazer a manipulação e distribuição de alimentação especial destinada a pacientes submetidos a cirurgias complexas, como as cardíacas e transplantes, que estão ou não na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e para bebês em situação de risco.

É o lactário, construído para atender padrões de assepsia e higienização, e que segundo o secretário de Estado da Saúde Williames Pimentel resulta também de investimentos que passaram pela compra de alimentos especiais, equipamentos, contratação de novos funcionários e capacitação da equipe de nutricionistas e técnicos de nutrição.

No local, segundo a médica Alcione Altini Paes, coordenadora estadual do Serviço de Nutrição Hospitalar, serão preparadas no novo espaço 700 dietas enterais, suplementos e formulas infantis, atendendo demandas dos pacientes do Hospital Cosme e Damião e Hospital de Base. Dietas enterais são utilizadas para restabelecer nutrientes em pacientes desnutridos, administradas mediante sonda ou via oral.

“O lactário funciona como barreira contra infecção porque essa dieta é para paciente especial normalmente, exigindo muito cuidado, havendo o mínimo contato com a mão, para não haver possibilidade de contaminação. O paciente que faz uso da dieta enteral já está fragilizado  e sua situação não pode se complicar mais se na dieta tiver a presença de bactéria“, explica o secretário Pimentel.

Diabético, Deneval recebe dieta enteral.

Diabético, Deneval recebe dieta enteral

Transplantado renal, cardiopata e diabético, o paciente Deneval dos Santos Pais, 66 anos, recebe dieta especifica para a alta glicemia que apresenta. O nutricionista Vitor Hugo Almeida explicou que ele terá alta, mas levará para casa toda a dieta especial que recebe por sonda. “A família do paciente é orientada e treinada a administrar a dieta”, diz.

Responsável pelo lactário, Claudia Azevedo disse que com o novo espaço físico  melhora muito as condições de trabalho dos profissionais. O lactário obedece a rigorosas técnicas de controle higiênico-sanitário e microbiológico das dietas a ser preparadas. Segundo ela, foram capacitados onze técnicos em nutrição e dietética do Hospital de Base e outros seis do Cosme e Damião.

A equipe de profissionais do HB não cabia em si de contente com a estrutura que conta com área de higienização, de manipulação de insumos e de paramentação. A nutricionista Edilce Freitas, coordenadora de Nutrição Materno-Infantil, disse que ver o sonho realizado é muito bom. “Não teve hora de trabalho, todos queríamos isso e aconteceu”, disse. A médica Alcione Paes atesta a dedicação de Edilce, como também de toda a equipe. Cerca de 25 bebês por dia, somente do Hospital de Base, recebem dieta enteral.

A aquisição de um aparelho importado, chamado bomba de infusão, será aliado importante dos profissionais. “É um mecanismo para você conduzir as dietas enterais. Com essa bomba, há a garantia na quantidade e na eficiência das diretas enterais.  Ele controla com muita eficiência o gotejamento da dieta a ser administrada em pacientes no coma induzido ou profundo, sendo utilizado para pacientes que estejam no sistema fechado, isto é, na UTI, em que se exige cuidado ainda maior com a alimentação”, explica  Alcione Paes.

Leia mais sobre o Hospital de Base:

Câmeras de vídeo monitoram 24 horas por dia movimento no Hospital de Base de Porto Velho

Ala de pacientes psiquiátricos no Hospital de Base em Porto Velho terá jardim terapêutico e ganhará mais 20 vagas

Robô é usado no treinamento de médicos e enfermeiros do Hospital de Base em curso de Suporte Avançado de Vida

Hospital de Base instala catracas eletrônicas e oferece mais segurança aos mais de 2,5 mil pacientes e visitantes diários


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Mara Paraguassu
Fotos: Marcelo Gladson
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Legislação, Saúde, Serviço, Servidores, Tecnologia


Compartilhe